PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Alvo do Grêmio é ídolo no Cerro, tem oferta de renovação e custa R$ 17 mi

Diego Churín, atacante do Cerro Porteño, está em negociação com o Grêmio - Divulgação/Cerro Porteño
Diego Churín, atacante do Cerro Porteño, está em negociação com o Grêmio Imagem: Divulgação/Cerro Porteño

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

17/10/2020 04h00

O Grêmio negocia a contratação do atacante argentino Diego Churín. Como informado pelo UOL Esporte, o jogador de 30 anos recebeu oferta do clube gaúcho e custaria US$ 3 milhões (cerca de R$ 17 milhões na cotação atual) aos cofres do Tricolor. Por ser ídolo no Cerro Porteño, no entanto, o atleta tem proposta para renovar o seu vínculo com o time paraguaio.

O valor é o pretendido pelo Cerro para sua liberação imediata e venda de 80% dos direitos econômicos. Porém, pesaria a favor da equipe brasileira a proximidade de fim de contrato, que vence em junho de 2021.

O jogador tem em mãos uma oferta de renovação para seguir no time paraguaio até junho de 2023, além de valorização salarial. Por lá, a situação é confortável, com apoio total dos torcedores que veem no atleta um dos principais ídolos do momento do Ciclón.

Existe ainda a possibilidade de Churín ganhar nacionalidade paraguaia para servir a seleção local. O processo teria início dentro de aproximadamente um ano. Para abandonar o projeto, ele precisaria ser persuadido pela proposta gremista.

A possibilidade de saída já gera reclamações no Paraguai. A torcida do Cerro protesta contra a direção do clube. Mas, ainda de acordo com a apuração da reportagem, se o Tricolor atingir o valor esperado, os paraguaios não impedirão a saída.

Churín é centroavante de área e chama atenção pelo número de gols. Foi campeão nacional com o Cerro Porteño e mantém uma vida tranquila longe das quatro linhas, como explicou o jornalista Pablo Garcia Corpo, do canal Tigo Sports.

"Como pessoa, é muito tranquila, tem uma vida regrada, é um bom jogador de grupo. É um goleador, tem 54 gols em três anos pelo Cerro, e seis gols neste último campeonato, onde foi campeão com o time", contou Corpo ao UOL Esporte.

O Grêmio, para conseguir convencer o jogador a sair, precisará vencer essas barreiras com uma oferta considerável, tanto para o clube quanto para o atacante.

A busca por um homem de frente é prioridade na Arena. Hoje (17), sem Diego Souza, suspenso, o Tricolor encara o São Paulo, às 21h, no Morumbi, com Isaque, que originalmente é meia, improvisado na frente. O duelo é válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Grêmio