PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Zagueiro peruano vê excesso de simulação e chama Neymar de 'palhaço'

Neymar comemora gol do Brasil contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 - Paolo Aguilar/Pool via REUTERS
Neymar comemora gol do Brasil contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 Imagem: Paolo Aguilar/Pool via REUTERS

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/10/2020 19h24

O zagueiro peruano Carlos Zambrano chamou Neymar de "palhaço" ao analisar o comportamento do atacante na vitória do Brasil sobre o Peru, por 4 a 2, nas Eliminatórias da Copa do Catar 2022. Apesar de reconhecer que "é um dos melhores do mundo", Zambrano viu um exagero nas simulações de faltas por parte do brasileiro.

"Honestamente, ele é um grande jogador, um dos melhores do mundo, mas para mim é um verdadeiro palhaço", declarou o defensor do Boca Juniors no programa "La banda del Chino" da TV argentina América.

O zagueiro foi expulso nos minutos finais do jogo no Estádio Nacional de Lima por acertar o atacante Richarlison com o braço. No entanto, considerou que o craque do PSG "se jogou" na área repetidas vezes e, ao invés de ser punido, foram marcados pênaltis a favor da seleção brasileira.

"Era o Brasil e, ao toque [imediatamente] eles foram olhar o VAR. Se o lance era a favor ou contra eles, só revisaram as imagens porque era o Brasil", disse, indicando que o árbitro chileno Julio Bascuñán não usou critérios iguais para ambos os times.

A arbitragem incomodou tanto os peruanos que até um abaixo-assinado foi feito contra Bascuñán, e conta com mais de 225 mil adesões.

Futebol