PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Antes da demissão, Luxa fez críticas ao seu trabalho e cobrou jogadores

Danilo Lavieri e Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

14/10/2020 22h49Atualizada em 15/10/2020 00h04

Vanderlei Luxemburgo acabou demitido pelo Palmeiras. O técnico não resistiu à derrota para o Coritiba, no Allianz Parque, mas chegou a dar entrevista depois da partida. Segundo ele, era necessário melhorar a atitude.

"As cobranças são naturais, só lamento que colocaram meu telefone nas redes sociais. Mas nós temos que entender que temos de melhorar no geral. Eu tenho que melhorar como técnico, o que eu fiz até agora caminhamos bem, mas precisamos de mais alguma coisa e isso passa por mim. Tenho obrigação com a minha maturidade de fazer algo mais. E os jogadores precisam entender que a postura nos últimos três jogos não foi de quem está buscando uma situação dentro do Palmeiras. Cabe a nós esta obrigação de respeitarmos o torcedor no momento, ele tem toda razão das críticas, e nós temos, só nós, com a responsabilidade minha, que podemos mudar. Ninguém pode mudar com palavras. Não se pode mudar de outra maneira, temos de mudar as atitudes tendo jogo de futebol, incluindo eu, como maior responsável como treinador da equipe. É bem por aí", afirmou.

Vanderlei Luxemburgo - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

O treinador concedeu entrevista coletiva logo após o jogo, mas o vídeo foi divulgado bem depois por conta de um problema técnico da TV Palmeiras. Durante mais de duas horas, o status sobre o treinador ficou incerto, e respondeu sobre o desempenho da equipe contra o Coxa, ainda como técnico do Verdão e se colocou como o maior responsável pelo resultado.

Com as últimas três derrotas, o Palmeiras perdeu contato para os líderes. Luxemburgo, que já disse considerar exageradas as críticas em cima de sua equipe, agora entende que o torcedor tem razão em reclamar. O Verdão joga no domingo contra o Fortaleza e vai em busca de um novo treinador.

"A pressão é mais forte que em outros lugares aqui. Para mim, a mídia social traz exageros, porque mesmo na dificuldade, o resultado vinha e estava no bolo. Mas agora as críticas procedem, e o torcedor vai pegar pesado. Só que eu tenho família. Eu tenho netos, a irresponsabilidade de um torcedor de colocar seu telefone em redes sociais, pode trazer coisas perigosas e não é legal. Estamos merecendo ser criticados. O técnico merece, os jogadores. Tudo faz parte, não tenho reclamação a fazer para a torcida pelas críticas à nossa equipe. O resultado mostra que temos de ser criticados mesmo", concluiu.

Palmeiras