PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Corinthians marca nos acréscimos e vence Athletico-PR na estreia de Mancini

Do UOL, em São Paulo

14/10/2020 23h26

Classificação e Jogos

O jogo entre Athletico Paranaense e Corinthians, na noite de hoje (14), pressionava as duas equipes, na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro. E a situação incômoda é ainda pior agora para o clube paranaense, que não aproveitou a expulsão de Bruno Méndez no segundo tempo e perdeu por 1 a 0, na Arena da Baixada. Everaldo foi o autor do gol da vitória na estreia de Vagner Mancini no Timão, já nos acréscimos.

Com o resultado, o Alvinegro respira um pouco. O time chega a 18 pontos e deixa a zona de rebaixamento, assumindo a 14ª colocação. Já o Athletico-PR fica estacionado nos 15 pontos e entra de vez para o Z4. A equipe está na 18ª posição.

O Corinthians agora se prepara para enfrentar o Flamengo no próximo domingo (18), pela 17ª rodada do Brasileirão. O confronto será realizado na Neo Química Arena, às 16h. Um dia antes, no sábado (17), o Furacão viaja para enfrentar o Atlético-GO. A partida está marcada para as 19h.

Walter substitui Cássio e salva

Walter substitui Cássio, expulso no último fim de semana na partida contra o Ceará. Foi apenas a segunda partida oficial do goleiro no ano — a outra havia sido em fevereiro, diante do Santo André — e ele foi decisivo. No primeiro tempo, espalmou um chute de Geuvânio com segurança e fez uma boa defesa em arremate de Christian. Na etapa final, a atuação foi praticamente perfeita. Segurou o rival em diversas bolas do Furacão, em especial em chute de Renato Kayzer cara a cara.

Bruno Méndez tem expulsão juvenil

O zagueiro corintiano escalado ao lado de Gil na noite de hoje prejudicou o time com um lance juvenil na parte final do jogo, aos 30 minutos. Bruno Méndez caiu em provocação de Renato Kayzer, deixou o braço e foi expulso após recomendação do VAR. Savio Pereira Sampaio foi até o monitor e entendeu que deveria dar o vermelho para o corintiano. O atacante do Furacão saiu da confusão amarelado.

Jô não participa, sente e sai

Grande esperança do ataque corintiano, Jô praticamente não participou da partida na Arena da Baixada. Mas a culpa não foi só do atacante, já que a bola chegava muito pouco a ele. No começo do segundo tempo, o camisa 77 sentiu dores na perna e precisou abandonar o gramado. Boselli entrou em seu lugar.

Corinthians se fecha e erra passes

Escalado com três volantes e um time mais fechado, o Corinthians controlava a ação ofensiva do adversário, mas apresentou dificuldade na criação. Ramiro e Mateus Vital, cada um aberto de um lado, eram as principais opções de uma equipe lenta no primeiro tempo, que cruzou bolas (sem sucesso) na área para Jô. A situação melhorou um pouco com as entradas de Cazares e Camacho, na segunda parte do duelo, só que os passes errados em série atrapalharam os paulistas.

Athletico aperta, mas peca na finalização

Depois de um primeiro tempo ruim, o Athletico melhorou substancialmente após o intervalo. E muito se deve à opção de Ravanelli no lugar de Léo Cittadini, que deu maior dinâmica ao meio de campo e colou para tabelar com Geuvânio. As coisas poderiam ter sido mais fáceis se o time caprichasse um pouco mais nas finalizações.

Erick e Ramiro viram desfalques

Primeiro do jogo a receber cartão amarelo, Erick estava pendurado e não representará o Furacão contra o Atlético-GO. Repetindo o rival, Ramiro ganhou o primeiro amarelo pelo time visitante e também virou desfalque. O terceiro cartão o impede de enfrentar o Flamengo.

Cronologia do jogo

O Corinthians foi empurrado no segundo tempo e viu a situação piorar quando Bruno Méndez foi expulso, aos 30 minutos. No último lance, no entanto, veio a vitória improvável. Everaldo foi lançando e tocou na saída do goleiro, aos 50 minutos, para abrir o placar.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR 0 X 1 CORINTHIANS

Data e horário: 14 de outubro de 2020, quarta-feira, às 21h30
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Junior
Cartões amarelos: Erick, Renato Kayzer (Athletico-PR); Ramiro, Mateus Vital e Walter (Corinthians)
Cartão vermelho: Bruno Méndez (Corinthians)
GOL: Everaldo, aos 50 minutos do segundo tempo

ATHLETICO-PR
Jandrei; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius (João Victor); Wellington (Walter), Christian e Léo Cittadini (Ravanelli); Geuvânio (Carlos Eduardo), Fabinho (Pedrinho) e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros.

CORINTHIANS
Walter; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Lucas Piton; Xavier, Ramiro (Cazares) e Éderson (Camacho); Mateus Vital, Léo Natel (Everaldo) e Jô (Boselli). Técnico: Vagner Mancini.