PUBLICIDADE
Topo

Eliminatórias Sul-Americanas

Argentina bate Bolívia de virada e vence na altitude após 15 anos

Lionel Messi em ação na partida entre Bolívia e Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa de 2022 - Martin Alipaz
Lionel Messi em ação na partida entre Bolívia e Argentina, pelas Eliminatórias para a Copa de 2022 Imagem: Martin Alipaz

Do UOL, em São Paulo

13/10/2020 19h07

Classificação e Jogos

Fora de casa, no Hernando Siles, em La Paz, a Argentina superou a Bolívia por 1 a 2 hoje e venceu na altitude de La Paz após 15 anos. A partida foi válida pela segunda rodada das Eliminatória Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022.

Com o resultado, a Argentina mantém 100% de aproveitamento e chegou a seis pontos em dois jogos. A Bolívia segue sem pontuar e ocupa a lanterna da disputa.

Confira como ficou a tabela do tabela do Eliminatórias Sul-Americanas com a vitória da Argentina.

A Bolívia saiu na frente com Marcelo Moreno, aos 24 minutos do primeiro tempo. Chumacero recebeu pela ponta esquerda e levantou para dentro da área. Livre, Moreno testou firme no canto direito de Armani para abrir o placar para os donos da casa.

A Argentina começou a reação pouco antes do intervalo. Aos 44 minutos do primeiro tempo, Lautaro Martínez recebeu pela esquerda, invadiu a área e driblou o zagueiro. O camisa 22 buscou o passe para trás, mas ficou na marcação. No entanto, Carrasco tentou se livrar da bola, chutou em cima do próprio atacante da Inter de Milão e ela morreu no fundo do gol de Lampe.

A virada veio com Joaquín Correa, aos 33 minutos do segundo tempo. A Bolívia se atrapalhou na saída de bola, Messi carregou e serviu Lautaro. O camisa 22 cortou a marcação e tocou para Correa, que bateu cruzado para virar o placar.

Na próxima rodada a Bolívia recebe o Equador, enquanto a Argentina encara o Paraguai.

FICHA TÉCNICA
BOLÍVIA 1 X 2 ARGENTINA

Local: Hernando Siles, La Paz
Data: 13 de outubro de 2020, terça-feira
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Diego Haro
Assistentes: Jonny Bossio e Victor Raez
Cartões amarelos: Saúl Torres, José Maria Carrasco e Gabriel Valverde (Bolívia); Exequiel Palacios , Nicolás Domínguez e Nicolas Tagliafico (Argentina)

Gols: Marcelo Moreno, aos 24 minutos do primeiro tempo (Bolívia);Lautaro Martínez , aos 44 minutos do primeiro tempo e Joaquín Correa, aos 33 minutos do segundo tempo (Argentina)

BOLÍVIA: Carlos Lampe; Saúl Torres, José Maria Carrasco, Gabriel Valverde , José Sagredo, Diego Wayar; Raúl Castro, Rudy Cardozo, Alejandro Chumacero; Carlos Saucedo, Marcelo Moreno. Técnico: César Farías.

ARGENTINA: Franco Armani; Gonzalo Montiel , Lucas Martínez Quarta, Nicolás Otamendi, Nicolas Tagliafico; Leandro Paredes, Rodrigo De Paul, Exequiel Palacios , Lucas Ocampos; Lionel Messi, Lautaro Martínez . Técnico: Lionel Scaloni.

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.