PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo vira sobre Vasco e vence com gol de Bruno Henrique

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/10/2020 18h57Atualizada em 10/10/2020 23h05

O Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1 neste sábado, em São Januário. Os donos da casa saíram na frente, mas levaram a virada dentro da própria casa. Talles Magno abriu o placar no início do primeiro tempo, mas viu o Rubro-negro voltar mais eficiente na etapa complementar e conseguir o triunfo com gols de Léo Pereira e Bruno Henrique.

O resultado é excelente para o Flamengo que chega a sua quarta vitória consecutiva. O time soma 27 pontos e ultrapassa momentaneamente o Internacional, com 25. O líder é o Atlético-MG, com 30, após a vitória sobre o Goiás.

O Vasco, por sua vez, chega aos sete jogos sem vitórias (com cinco derrotas). O Cruzmaltino se mantém com 18 pontos na 10ª posição, mas poderá perder algumas colocações até o fim da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os melhores: Cayo Tenório e Thiago Maia

O jovem vascaíno cumpriu bem sua missão ao barrar Pikachu. Mesmo após levar cartão amarelo com menos de um minuto, mostrou calma e qualidade. Deu passe para Talles Magno. Pelo lado do Flamengo, Thiago Maia mostrou força na marcação e qualidade em linda assistência para Bruno Henrique no gol da vitória.

Os piores: Diego e Fernando Miguel

Diego esteve muito mal, principalmente no primeiro tempo, quando pouco ajudou e ainda quase foi expulso. no segundo tempo participou da reação ao dar assistência para Leo Pereira. Mal no geral. Fernando Miguel, por sua vez, não fez uma única defesa e ainda falhou no segundo gol, anotado por Bruno Henrique.

Fla começa ligado e cria confusão pela esquerda

Com menos de um minuto, Bruno Henrique dominou bola e, pro trás, recebeu uma dura entrada no tornozelo. Cayo Tenório, que havia barrado Pikachu, recebeu cartão amarelo e passou a ficar pendurado em campo. E foi justamente por ali que o Flamengo forçou as jogadas e quase abriu o placar.

'Ponto fraco' brilha, e Vasco sai na frente

O que parecia ser o 'ponto fraco' do Vasco foi importantíssimo logo em seguida. Em nova jogada do Flamengo, Bruno Henrique recebeu passe e, dessa vez, Cayo Tenório mostrou estar ligado. Aproveitou erro do atacante partiu para cima de Filipe Luís e cruzou na medida para Talles Magno tirar o zero do placar em São Januário: 1 a 0, aos 8min.

Jogo esfria e fica preso no meio de campo

Após início animador, o clássico esfriou. Se os primeiros minutos prometiam uma partida animada, logo o panorama mudou. Os jogadores de meio de campo mostraram maior poder defensivo e levavam a melhor sobre o adversário, deixando o jogo sem grandes oportunidades. Para se ter uma ideia, a etapa inicial terminou com apenas três finalizações corretas.

Diego escapa de expulsão

Um dos piores em campo, Diego quase foi expulso antes mesmo do intervalo. Ele já havia levado um cartão amarelo por falta em Benítez, aos 10min. Nos minutos finais, o camisa 10 voltou a cometer infração no argentino e viu os adversários cobrarem a expulsão. O árbitro Flavio Rodrigues de Souza, no entanto, preferiu não dar nova advertência.

Fla arranca empate com bola parada

Logo no início do segundo tempo, o Flamengo chegou ao empate. Em falta pelo lado direito de ataque, Diego cobrou com categoria na cabeça de Léo Pereira. O zagueiro se antecipou à defesa do Vasco e desviou para o fundo das redes. Era tudo o que o Rubro-negro queria: 1 a 1.

Castán perde gol incrível

O Vasco poderia ter voltado à frente do placar no lance seguinte. Também em jogada de bola parada, Castán teve grande oportunidade de recolocar o time em vantagem. O zagueiro, no entanto, finalizou em cima de Hugo Moura que fez defesa com certa tranquilidade apesar da curta distância.

Cano salva Flamengo

Jogando em casa, o Vasco partiu para cima em busca da vitória. Em jogada pela esquerda, Carlinhos recebeu dentro da área e finalizou de primeira. A bola tinha direção do gol, mas parou em Cano, que passava pela frente de Hugo Souza. O argentino ainda tentou dar sequência ao lance, mas não conseguiu.

Fla encaixa contra-ataque e vira com Bruno Henrique

O jogo parecia mais à feição do Vasco, mas foi o Flamengo quem aproveitou melhor as oportunidades. Em rápido contra-ataque, Thiago Maia fez ótimo lançamento para Bruno Henrique, que dividiu com Fernando Miguel e finalizou. A bola ainda bate na trave antes de entrar: 2 a 1.

Cano marca em impedimento

O Vasco chegou a comemorar o segundo gol na partida, marcado por Cano. O lance, porém, foi anulado. É que Paredes, que deu passe para o argentino, estava impedido na origem da jogada. O lance foi revisado pelo VAR aos 41min do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 2 FLAMENGO

Competição: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A
Data: 10/10/2020
Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Sousa
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Cartões amarelos: Cayo Tenório e Talles Magno (Vasco); Diego, Thiago Maia, Bruno Henrique, Léo Pereira e Vitinho (Flamengo)
Gols: Talles Magno, aos oito minutos do primeiro tempo; Léo Pereira aos dois minutos e Bruno Henrique aos 25 minutos do segundo tempo

Vasco
Fernando Miguel; Cayo Tenório (Vinícius), Miranda, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Marcos Júnior, Carlinhos e Benítez; Talles Magno (Guilherme Parede) e Cano. Técnico: Alexandre Grasseli

Flamengo
Hugo Souza; Matheuzinho, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia e Diego (Michael); Gerson (Vitinho), Pedro e Bruno Henrique. Técnico: Domènec Torrent

Flamengo