PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com covid, Neto é hospitalizado para exames e tranquiliza: "Está tudo bem"

Do UOL, em São Paulo

07/10/2020 21h08

O apresentador Neto passou por exames hoje (7) em uma unidade do Hospital São Luiz. Diagnosticado com covid-19, o ex-meia do Corinthians fez uma ressonância no tórax para conhecimento médico sobre a situação dos pulmões. Segundo informações da assessoria dele, o quadro não se agravou.

Neto divulgou no último dia 30 que foi diagnosticado com coronavírus. Na ocasião, o apresentador deixou de participar da transmissão do jogo entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, pela Supercopa da Alemanha. Após questionamentos, o próprio ex-jogador divulgou a notícia.

O ex-jogador usou os stories no Instagram para falar sobre ida ao hospital. "Muita gente já sabe que estou no hospital. Estou sendo muito bem cuidado, pode ficar tranquilo, estou barbudo porque não faço a barba há uns 10 dias. Vim tomar uns remédios. Estou no Hospital São Luiz, muito bem tratado por todos. Fiquem tranquilos vocês todos, minha família, as pessoas que gostam de mim. Vim tomar injeções, medicamentos e me cuidar", disse nos stories no Instagram.

"Daqui uns 8, 9 dias, vou estar no Donos da Bola, no Baita, Amigos para trabalhar firme e forte. Estou sendo muito bem cuidado. Por favor, tranquiliza as pessoas, a família. Não vamos escrever o que não é certo. Está tudo bem comigo", acrescentou.

Há dois dias, Neto admitiu ter "subestimado" a doença. Em depoimento publicado em seu blog, o apresentador da Band relatou "dores agudas dos pés à cabeça" dois dias depois do exame e pediu para a população usar máscara e cuidar da higiene pessoal.

"Confesso que talvez não tenha sido o cara mais zeloso do mundo. Confesso também que talvez tenha subestimado dessa doença. Mas a verdade é que, quando soube que contraí o temido coronavírus, fiquei seriamente preocupado. Havia tido algumas dores no corpo mas nada tão radical", contou Neto.

Na sequência, o apresentador disse que não ficou assintomático e comparou as dores a uma entrada dura de zagueiro. "Ao saber da doença, me isolei e comecei a ser medicado corretamente. Ainda assim, passados dois dias, comecei a sentir dores no corpo. Uma sensação dez vezes pior que qualquer entrada dura de zagueiro. Tive a sensação de ter sido atropelado por um trator. Isso mesmo! Dores agudas dos pés à cabeça, relatou.

Futebol