PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

Quem se deu bem e quem deu azar na Copa do Brasil? Blogueiros analisam

Do UOL, em Santos (SP)

01/10/2020 14h31

Classificação e Jogos

O sorteio realizado na manhã de hoje (1) pela CBF definiu os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil 2020. Destaque para o encontro entre São Paulo e Fortaleza, de Rogério Ceni. Atual campeão, o Athletico Paranaense irá enfrentar o Flamengo (veja os duelos mais abaixo).

Entre os 16 classificados para as oitavas, quais times se deram bem no sorteio? E quais deram azar? Fizemos essas perguntas aos colunistas do UOL Esporte. Veja o que eles pensam:

ANDRÉ ROCHA

Grêmio se deu bem, porque o Juventude é mais que acessível e em termos de logística não precisará sair do Rio Grande do Sul.

Flamengo x Atlético é um duelo complicado para os dois, já que o time paranaense, campeão no ano passado, enfrenta o melhor elenco do país que, por outro lado, terá que encarar viagem ao Sul, grama sintética e o trauma da eliminação no ano passado.

Leia o blog do André Rocha.

ANDREI KAMPFF

O Grêmio teve um pouco mais de sorte. No mais, confrontos equilibrados. O Corinthians, por exemplo, enfrenta um América Mineiro que está na B, mas tá muito bem treinado pelo Lisca. O Botafogo joga contra um Cuiabá que faz ótima campanha na B.

Leia o blog Lei em Campo.

JUCA KFOURI

No panorama de equilíbrio do futebol brasileiro, em mata-matas, é difícil fazer previsões.

Em tese, times da Série A que vão jogar contra os de Série B se deram bem.

Mas o Botafogo é tão melhor que o Cuiabá?

E o Corinthians que o América?

O Grêmio sim, em relação ao Juventude.

E o papão Flamengo? Bem, vai pegar o Athletico que o eliminou no ano passado...

Nos confrontos de Série A só o Palmeiras se deu melhor, contra o Bragantino.

Leia o blog do Juca.

JULIO GOMES

Muito difícil dizer quem se deu bem ou mal na Copa do Brasil, pois os times de Série B ainda vivos no torneio estão fazendo uma boa campanha na segunda divisão. Ou seja, são times competitivos e sabemos que, no Brasil, não há tanto desnível entre times de Série A e de Série B.

Os teóricos favoritos deram sorte de não se enfrentarem logo nas oitavas. Os times de Série B deram azar de não jogarem entre eles. Em teoria, o Botafogo, um dos últimos da Série A, deu azar de pegar o Cuiabá, líder da B. Em teoria, o São Paulo, em má fase, deu azar de pegar o Fortaleza, que está acertadinho.

Mas os jogos são só daqui um mês! É tudo teoria. Prever, no futebol brasileiro, é pedir para errar.

Leia o blog do Julio Gomes.

MARCEL RIZZO

Foi um sorteio curioso que poderia ter dado um monte de clássico local e no fim não deu nenhum. Na teoria, sempre, o confronto mais equilibrado deve ser Flamengo x Athletico, que pode até se repetir na Libertadores. Acho que o São Paulo, Santos e Palmeiras pegaram adversários difíceis, da elite, e terão trabalho. Corinthians, apesar da má fase, é favorito contra o América-MG, assim como Grêmio frente o Juventude, Inter sobre o Atlético-GO e até o Botafogo, que tem jogado muito mal, diante do Cuiabá.

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MENON

Quem se deu bem?

O Flamengo que enfrentará um Furacão que ainda não se encontrou e está longe de ser o time campeão do ano passado.

O Inter que pega o Atlético-GO, que tem surpreendido no Brasileirão, mas não é um rival capaz de assustar.

O Grêmio que definirá a vaga com o Juventude, time da Série B.

Corinthians e Botafogo enfrentarão respectivamente, América-MG e Cuiabá, também da série B. Mas, como estão jogando muito mal, não há garantia de nada.

São Paulo e Santos enfrentarão os times ascendentes no futebol brasileiro. Fortaleza e Ceará, eternos rivais, podem sonhar com passagem de fase.

O Palmeiras vai decidir com o Bragantino, de quem se esperava bastante e nada foi mostrado. Um bom sorteio, mas é preciso jogar mais do que tem feito até agora.

Leia o blog do Menon.

Hernanes e Rogério Ceni se abraçam antes de jogo entre São Paulo e Fortaleza no Brasileirão - Reprodução/YouTube - Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

MILTON NEVES

O Palmeiras se deu muito bem. A tendência é que o time comandado por Luxa embale após a goleada diante do Bolívar e não encontre problemas para despachar o Red Bull Bragantino.

Agora, a vida do São Paulo é complicada. Além do trauma em mata-mata, o time do Morumbi terá que superar também o "fantasma" que é enfrentar Rogério Ceni, seu maior ídolo. Está com cheirinho de mais um vexame tricolor.

Leia o blog do Milton Neves.

PERRONE

Azar mesmo deu o Athletico, que caiu com o time de melhor elenco do país. Mas não é possível dizer que o Flamengo se deu bem.

O Furacão não é uma moleza. Aliás, ninguém se deu bem. Nos outros confrontos há um favorito aqui, outro ali. Mas, de modo geral, há equilíbrio.

Leia o blog do Perrone.

RODOLFO RODRIGUES

Santos e São Paulo, que não vivem uma boa fase, vão pegar dois times da Série A que vêm fazendo uma boa temporada (Ceará e Fortaleza) e poderão se complicar. Palmeiras, Corinthians, Inter e Grêmio não terão molezas pela frente, mas deverão avançar. O Flamengo, apesar de pegar um time forte da Série A, deverá se impor e passar. Já o Botafogo, na atual situação, poderá ser surpreendido pelo Cuiabá, líder da Série B.

Leia o blog do Rodolfo Rodrigues.

RODRIGO MATTOS

Entre os times que chegam da Libertadores, Flamengo talvez tenha pegado o adversário mais difícil já que o Athletico é o atual campeão da Copa do Brasil e classificado na Libertadores. Mas, pelo desempenho no Brasileiro, Santos e São Paulo também têm pedreiras diante de Ceará e Fortaleza. O confronto do Palmeiras com o Red Bull não é fácil porque os dois times têm protagonizado partidas equilibradas na temporada.

Leia o blog do Rodrigo Mattos.

Como ficaram os confrontos

*Fará o segundo jogo como mandante