PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Didier Drogba é eleito vencedor do 'prêmio presidente da Uefa' do ano

Ex-atacante foi eleito, segundo a Uefa, por "compromisso com a excelência dentro e fora dos campos" - Reprodução/Twitter
Ex-atacante foi eleito, segundo a Uefa, por "compromisso com a excelência dentro e fora dos campos" Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

01/10/2020 12h29

O ex-atacante Didier Drogba, com uma histórica passagem pelo Chelsea, venceu o "Prêmio Presidente da Uefa 2020".

O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Aleksander Ceferin, durante a cerimônia que sorteia os grupos da atual edição da Liga dos Campeões.

O dirigente justificou o prêmio ao marfinense pelo seu "compromisso com a excelência dentro e fora dos campos."

O prêmio reconhece, segundo a Uefa, "feitos notáveis, excelência profissional e qualidades pessoais exemplares."

Como jogador, Drogba começou a carreira no futebol francês. Ele passou por Le Mans, Guingamp e Olympique de Marselha, mas foi quando se transferiu para o Chelsea, da Inglaterra, que o marfinense se consolidou como um dos principais atacantes de sua geração.

No clube inglês, Drogba disputou 381 jogos e marcou 164 gols — o mais emblemático deles na final da Liga dos Campeões de 2012, contra o Bayern. A partida terminou empatada e o Chelsea faturou o título nos pênaltis.

O marfinense ainda foi responsável por anotar o primeiro gol da seleção de seu país em uma Copa do Mundo, em 2006.

O atacante encerrou a carreira em novembro de 2018 após passagens pela China, Turquia, Canadá e Estados Unidos. Atualmente, ele está inscrito no programa MIP (Mestrado Executivo da UEFA para Jogadores Internacionais), um curso da Uefa que visa aprimorar as habilidades de ex-jogadores para a trajetória fora dos gramados.