PUBLICIDADE
Topo

Santos

Quem é o novo presidente do Santos afastado do clube há quase dois anos

Orlando Rollo, vice-presidente, José Carlos Peres, presidente, "brigam" na Vila Belmiro - Ivan Storti/Santos FC
Orlando Rollo, vice-presidente, José Carlos Peres, presidente, "brigam" na Vila Belmiro Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

29/09/2020 04h00

Em decisão na noite de ontem, o Conselho Deliberativo do Santos abriu processo de impeachment e afastou o presidente José Carlos Peres e seu Comitê de Gestão, com exceção de apenas um membro: o vice-presidente Orlando Rollo, que assume o Peixe a partir de hoje (29).

Rollo está afastado das decisões da atual gestão desde o começo do ano passado e foi poupado pela Comissão de Inquérito de Sindicância (CIS) do Santos exatamente por esse motivo. Eleito ao lado de Peres, a dupla rachou logo nos primeiros dias de gestão e promoveu uma guerra interna no clube.

No início de setembro de 2018, depois de muito trocarem farpas na imprensa, Peres e Rollo chegaram ao ponto máximo do conflito entre os dois. O presidente emitiu uma portaria que tirava os poderes do vice e ainda ameaçava punir qualquer funcionário que acatasse ordem vinda de Rollo.

No final daquele mesmo mês, os sócios do Santos votaram pela permanência de Peres na presidência - ele passava por processo de impeachment instaurado pelo Conselho Deliberativo.

Após a decisão dos associados, Rollo, que já andava cada vez mais ausente do clube, pediu afastamento de maneira formal em janeiro de 2019. Ele ficou longe do Santos desde então, mesmo após o Conselho Deliberativo revogar, em setembro de 2019, a portaria emitida por Peres que tirava os poderes dele como vice-presidente.

Rollo só apareceu na Vila Belmiro uma vez desde então. Foi em novembro do ano passado, quando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu Peres por 15 dias. Rollo se declarou presidente em exercício após a suspensão, destituiu membros do Comitê de Gestão e declarou novos. Ainda no mesmo dia, o STJD esclareceu que Peres poderia continuar exercendo o cargo de presidente durante o período.

Policial Civil, Orlando Rollo chegou a viajar aos Estados Unidos durante o período afastado do Santos e fez um curso da SWAT (Departamento de Operações Especiais dos EUA).

Rollo assume como presidente do Santos hoje e deve nomear um novo Comitê de Gestão, já que todos os membros também foram afastados juntamente com Peres e aguardam a convocação da Assembleia Geral de Sócios, que tem 60 para ocorrer.

O mandato de José Carlos Peres e Orlando Rollo vai somente até 31/12 deste ano. Novas eleições estão marcadas para a primeira quinzena de dezembro e contam com cerca de oito pré-candidatos; Rollo não é um deles.

Santos