PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Lugano lamenta jogo na altitude e vê falta de sorte ao SPFC na Libertadores

Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/09/2020 19h26

Diretor de relações institucionais e ídolo do São Paulo, o ex-zagueiro Diego Lugano classificou como falta de sorte o fato de o clube ser o único de seu grupo na Libertadores a atuar contra o Binacional na altitude.

"Por uma questão de sorte e de tempo, fomos os únicos que tiveram que jogar no lugar mais alto da América do Sul", disse em entrevista ao programa Closs Continental, do jornalista Mariano Closs, na rádio Continental de Buenos Aires.

O ex-zagueiro tricolor ainda afirmou "ser impossível dizer que a altitude não te faz mal". Segundo ele, só "quem pisou em um campo entende a diferença que existe".

O São Paulo foi a única equipe do Grupo D da Libertadores a enfrentar os 3.800 metros de altitude da cidade andina de Juliaca, onde atua o Binacional. Na ocasião, antes da pandemia do novo coronavírus, a equipe acabou derrotada por 2 a 1, o que complicou a situação na tabela.

Após o retorno do futebol, o Binacional foi impedido de atuar em Juliaca, cidade que foi obrigada a realizar uma rigorosa quarentena por conta da pandemia. Com a decisão, a equipe peruana enfrentou o River Plate no Estádio Nacional do Peru, em Lima, onde acabou derrotada por 6 a 0. Também em Lima, o Binacional perdeu para a LDU por 1 a 0.

O tricolor possui atualmente quatro pontos, três a menos que o rival argentino e a cinco pontos da LDU, que lidera o grupo com sete pontos. O São Paulo precisa vencer a partida contra o River para manter viva a chance de classificação na Libertadores.

Em caso de empate, o tricolor chega à última rodada tendo de torcer por uma derrota da equipe argentina e ainda descontar um saldo de 11 gols. Derrota na partida de amanhã elimina o São Paulo com uma rodada de antecedência na fase de grupos da Libertadores.

São Paulo