PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fluminense quita salários de julho de jogadores, funcionários e PJ's

Jogadores do Fluminense comemoram gol de Lucas Claro contra o Atlético-GO na Copa do Brasil 2020 - CARLOS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Jogadores do Fluminense comemoram gol de Lucas Claro contra o Atlético-GO na Copa do Brasil 2020 Imagem: CARLOS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/09/2020 15h31

Horas antes do jogo contra o Coritiba, o Fluminense resolveu algumas de suas pendências com atletas e funcionários. O clube pagou os 50% restantes dos salários do mês de julho e a metade restante do que é referente às pessoas jurídicas do mesmo mês.

Agora, o Tricolor deve o mês de agosto, já que setembro vence apenas no quinto dia útil do mês de outubro. A ideia é quitar esse mês nos próximos 15 dias.

O Tricolor convive há anos com atrasos salariais e conta com a recente venda do atacante Evanílson, que foi para o Porto (POR), para resolver as pendências.

Durante a pandemia, o elenco aceitou uma redução escalonada, mas o Tricolor já voltou ao antigo regime, com os pagamentos integrais previstos nos contratos.

Fluminense