PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu sofreu oito gols de rebote em 2020, pior marca entre times da Série A

Muriel falhou duas vezes na eliminação do Fluminense na Copa do Brasil - Heber Gomes/AGIF
Muriel falhou duas vezes na eliminação do Fluminense na Copa do Brasil Imagem: Heber Gomes/AGIF

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

As duas falhas graves de Muriel na derrota para o Atlético-GO que resultaram na eliminação do Fluminense na Copa do Brasil estão longe de serem exceções à regra. O Tricolor sofreu oito gols de rebote em 2020, pior marca entre times da Série A do Campeonato Brasileiro.

E apesar de cinco desses erros terem sido do goleiro titular, o reserva Marcos Felipe também sofreu dois gols desta maneira, ainda que, na avaliação dos lances, não tenha tido culpa. O levantamento é do jornalista e analista de desempenho João Izzo, do Cartola FC Dicas.

A repetição das falhas — também há um rebote da defesa — mostra que o problema é coletivo, e que a defesa também tem sua parcela de culpa independente de quem esteja embaixo da meta.

A noite de quinta-feira não foi nem mesmo a primeira vez em que Muriel cedeu a bola para o meio da área por duas vezes no mesmo jogo. Contra o Flamengo, pelo Brasileirão, em situações diferentes — e com maior grau de dificuldade, é bem verdade —, o jogador já havia espalmado duas finalizações que geraram gols do rival com Filipe Luís e Gabigol.

ASSISTA: Gabigol aumenta vantagem do Flamengo no clássico

Gols UOL Esporte

Os erros técnicos de Muriel nem sempre se refletem no placar. Mas o costume de espalmar a bola para a frente é repetitivo, e aconteceu de maneira decisiva também na derrota para o Red Bull Bragantino. Já com Marcos Felipe, os gols de rebote saíram contra o Vasco, em falha de marcação de Igor Julião, e contra o São Paulo, quando a bola bateu na trave e voltou nos pés de Luciano.

Houve também um rebote de defesa: Egídio cortou mal no segundo jogo da final contra o Fla e deu a bola nos pés de Vitinho, que bateu com desvio para vencer Muriel e marcar o gol do título rubro-negro.

Em comparação com outras equipes da primeira divisão, apenas o Ceará está próximo do Tricolor nos erros que geraram gols de rebote. Outros 16 times que disputam o Brasileirão falharam entre duas e quatro vezes em toda a temporada, número considerado baixo. O Palmeiras é o único que não tomou gols de rebote, e o Sport sofreu apenas um.

Confira o ranking de gols de rebote sofridos por times da Série A:

1º - Fluminense - 8
2º - Ceará - 6
3º - Atlético-MG - 4
3º - Bahia - 4
3º - Fortaleza - 4
3º - Goiás - 4
3º - São Paulo - 4
8º - Athletico-PR - 3
8º - Botafogo - 3
8º - Coritiba - 3
11º - Atlético-GO - 2
11º - RB Bragantino - 2
11º - Corinthians - 2
11º - Flamengo - 2
11º - Grêmio - 2
11º - Internacional - 2
11º - Santos - 2
11º - Vasco - 2
19º - Sport - 1
20º - Palmeiras - 0

Fluminense