PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Suárez exalta desejo de jogar no Atlético de Madri e evita criticar Barça

Atlético de Madri anuncia contratação de Luís Suárez - Reprodução
Atlético de Madri anuncia contratação de Luís Suárez Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/09/2020 21h19

Anunciado hoje pelo Atlético de Madri, o atacante Luis Suárez afirmou que o desejo de defender o time espanhol era antigo. Em sua primeira entrevista como jogador do clube madrileno, o uruguaio admitiu que as conversas com o técnico Diego Simeone influenciaram em sua decisão, mas que a vontade de vestir a camisa do Madri já existia.

Sem falar sobre a sua saída do Barcelona, Suárez despistou ao ser questionado sobre as críticas feitas pelo ex-companheiro Lionel Messi. Em suas redes sociais, o argentino criticou a diretoria blaugrana pela condução do desligamento do uruguaio.

"A conversa com o treinador é sempre uma vantagem para querer vir ao Atlético. Você é motivado pela forma com que ele fala com você, essa convicção. Mas minha vontade estava lá, não precisava falar, estava muito animado (...) Venho para tentar conquistar coisas importantes em uma equipe que já ficou na beira em algumas finais e ajudar", afirmou Suárez em entrevista à imprensa espanhola.

"A motivação de vir para um grande da Espanha, o Atleti. Tem grandes jogadores, uma equipe competitiva, que sempre briga para estar em cima e pela La Liga. A torcida e o treinador me motivaram muito também. A vontade que as pessoas do Atlético têm de eu estar lá motiva. É um clube que eu via de fora e motiva essa forma de competir, viver , a intensidade nas partidas. Isso te dá vontade de querer sentir o que é e tudo isso foi um grãozinho a mais para a minha vinda, como foram as conversas (com Simeone)", enumerou.

Em relação aos questionamentos de Messi, Suárez afirmou que o camisa 10 o conhece bem e que fica satisfeito por deixar uma boa impressão no Barça.

"O Leo me conhece, me vê treinando e sabe o quanto eu o quero. Tenho orgulho de deixar uma boa imagem. Vir para uma equipe competitiva já motiva", resumiu.

De acordo com a imprensa espanhola, há a expectativa de Suárez estrear neste final de semana com a camisa do Atlético de Madri, embora o uruguaio vá começar a partida contra o Granada no banco de reservas. Recém-chegado, o uruguai não espera mudar a filosofia de Simeone.

"Um jogador não pode mudar a filosofia de uma equipe. O jogador de futebol tem de se adaptar à dinâmica, ao entusiasmo, à forma de atuar. Fui do Ajax ao Liverpool, depois ao Barça, tudo muito diferente, e me habituei a isso. Isso não será uma exceção", argumentou.

Futebol