PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter desliga vice de futebol e tem debandada da gestão em clima de eleição

Divulgação/Inter
Imagem: Divulgação/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

25/09/2020 17h31

O Internacional desligou Alessandro Barcelos do cargo de vice-presidente de futebol. A decisão foi tomada hoje e gerou debandada de outros dirigentes ligados ao mesmo movimento político do agora, ex-dirigente. As movimentações nos bastidores do estádio Beira-Rio ocorrem dois dias depois da quarta derrota para o Grêmio no ano, que culminou com 10 clássicos sem vitória, e às vésperas de início do processo eleitoral colorado.

Barcelos estava no cargo de vice de futebol do Inter desde o final do ano passado.

A decisão não foi surpreendente. Desde o apito final do Gre-Nal, o clima nos bastidores esquentou. O racha político já era previsto há tempos, por conta das diversas correntes internas que sustentam ao mandato de Marcelo Medeiros, eleito no final de 2016.

Medeiros, aliás, vai conceder entrevista coletiva para falar do clima interno.

O desligamento de Alessandro Barcelos foi feito pelo presidente. Nos minutos seguintes, o dirigente recebeu aviso de desligamento do vice de administração, vice de marketing e também de integrantes do chamado Conselho de Gestão — órgão que toca as maiores decisões do Internacional.

Futebol