PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos vence Delfín no Equador e encaminha classificação na Libertadores

Marinho comemora gol do Santos contra o Delfín, em jogo da Libertadores - Rodrigo BUENDIA / AFP
Marinho comemora gol do Santos contra o Delfín, em jogo da Libertadores Imagem: Rodrigo BUENDIA / AFP

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

25/09/2020 00h54

O Santos venceu o Delfín (EQU) por 2 a 1 na noite de hoje (25), no estádio Jocay, em Manta, no Equador, pela fase de grupos da Copa Libertadores da América. Os gols foram marcados por Marinho e Jean Mota, enquanto Rojas descontou para os equatorianos.

O resultado deixou a equipe santista muito perto de garantir a vaga na próxima fase do torneio continental. O Peixe chegou a dez pontos, contra seis do Defensa y Justicia (ARG) e cinco do Olimpia (PAR), restando apenas dois jogos. Um empate diante do Olimpia na próxima rodada carimba a vaga para as oitavas de final.

Agora, o time do técnico Cuca volta para Santos em voo fretado e se prepara para enfrentar o Fortaleza neste domingo (27), às 20h30, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

O melhor: Marinho

O destaque santista na temporada 2020 foi fundamental. Ele marcou o primeiro gol após cruzamento de Soteldo e ainda lançou Raniel, que cruzou para Jean Mota marcar o segundo.

Quem não foi bem: Sánchez

O uruguaio novamente não fez um bom jogo. Sánchez está bem longe de apresentar o futebol que mostrou em 2019, quando foi artilheiro e liderou a equipe em assistências. Não conseguiu dar ligação entre meio e ataque e criar jogadas para o Peixe.

Cronologia do jogo

O Santos abriu o placar aos 17 minutos. Soteldo fez bela jogada pela esquerda e cruzou na medida para Marinho cabecear no segundo pau e marcar. O Delfín empatou aos 28 do segundo tempo: Corozo fez jogada pela esquerda aos trancos e barrancos e cruzou para Rojas marcar. O Peixe voltou a ficar à frente aos 36 da segunda etapa com Jean Mota, após cruzamento de Raniel.

O jogo do Santos: Peixe domina ações

O Santos teve o controle da partida durante a maior parte do jogo. Escalado como meia, Arthur Gomes caiu bastante pela esquerda para fazer a dobradinha com Soteldo e foi por ali que saiu o primeiro gol santista. Com um a mais em campo, o Peixe teve oportunidades para ampliar, mas levou o empate antes de Jean Mota colocar a equipe na frente novamente.

Santos perde dupla de zaga

Os zagueiros Lucas Veríssimo e Luan Peres receberam o terceiro cartão amarelo durante o jogo e estão suspensos para o duelo contra o Olimpia (PAR). O técnico Cuca já não conta com Luiz Felipe, ainda se recuperando de lesão, e pode ter que ir para a partida com os jovens Alex e Wagner Leonardo.

FICHA TÉCNICA:

DELFÍN 1 x 2 SANTOS

Copa Libertadores da América - Fase de Grupos
Data: 24/09/2020, quinta-feira
Horário: 23h (de Brasília)
Local: estádio Jocay, em Manta (EQU)
Árbitro: Kevin Ortega (PER)
Assistentes: Michael Orue (PER) e Jonny Bossio (PER)
Gols: Marinho, aos 17 do primeiro tempo, e Jean Mota, aos 36 do segundo tempo; Rojas, aos 28 do segundo tempo
Amarelos: Lucas Veríssimo, Pará e Marinho; Carlos Rodriguez (2), Luis Cangá, Nazareno e José Valencia
Vermelho: Carlos Rodriguez

SANTOS: João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo (Alex), Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez (Lucas Lourenço) e Arthur Gomes (Raniel); Marinho, Soteldo e Kaio Jorge (Jean Mota). Técnico: Cuca

DELFÍN: Corozo; Jonathan Gonzalez (Cifuentes), Luis Cangá, Carlos Rodriguez e Geovanny Nazareno; Charles Vélez, João Ortíz, Alejandro Villalva (Rojas) e Janer Corozo; Carlos Garcés e José Valencia (Benitez). Técnico: Miguel Ángel Zahzú

Santos