PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coelho elogia garra do time e evita falar de efetivação: "sou funcionário"

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/09/2020 00h50

O técnico Dyego Coelho focou em apontar os pontos positivos de seus jogadores após a derrota do Corinthians para o Sport por 1 a 0, nesta quarta-feira (23), na Ilha do Retiro, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador disse que o Alvinegro demonstrou mais uma vez bastante "garra" dentro de campo, apesar de falar novamente que a "confiança" precisa ser recuperada.

"A gente tenta e estamos conseguindo fazer com que as coisas fiquem mais agressivas para o nosso time. A gente não se preocupa com outras coisas, vamos lutando, trabalhando no dia a dia, eles estão demonstrando isso. A evolução está vindo, mas são jogos difíceis que procuramos com que a nossa agressividade, competência, e a confiança volte logo. Não é do dia para noite, vamos sempre procurar estar melhorando, procuramos ter garra dentro de campo e, principalmente, garra e vontade não estão faltando. É só questão de ajuste para no próximo jogo buscarmos vitória", disse Coelho.

Questionado sobre a sua situação no comando do time, Coelho se esquivou. O técnico do sub-20 e interino no profissional alega que é funcionário e que procura fazer o seu melhor independente da decisão da diretoria.

Os dirigentes do Corinthians continuam no mercado em busca de um treinador, mas não descartam internamente a efetivação de Coelho. No entanto, os resultados a curto prazo pressionam o técnico interino.

"Eu sou funcionário do clube, né. Fui chamado para estar ajudando, isso que procuro fazer, independente do que vai acontecer ou não, procuro fazer o meu melhor junto com os jogadores a cada dia, eles também estão procurando fazer o melhor deles. Hoje foi um jogo que lutamos, procuramos, buscamos e em relação a isso vou deixando as coisas acontecerem porque temos que trabalhar e eu faço da melhor maneira possível junto com os jogadores", disse.

O Corinthians agora tem mais uma semana de trabalho até o próximo jogo: contra o Atlético-GO, quarta-feira (30), às 21h30 (de Brasília), na Neo Química Arena, em jogo adiado da primeira rodada. Na ocasião, o Timão jogava a final do Campeonato Paulista.

Em seguida, pela 13ª rodada, o Corinthians enfrenta o Red Bull no dia 3 de outubro (sábado), às 21h (de Brasília), no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Futebol