PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bayern e Sevilla se enfrentam pela Supercopa sem suas referências técnicas

Thiago Alcântara e Banega não fazem mais parte dos elencos de Bayern e do Sevilla, respectivamente  - Osman Orsal/Reuters e Kirill Kudryavtsev/AFP
Thiago Alcântara e Banega não fazem mais parte dos elencos de Bayern e do Sevilla, respectivamente Imagem: Osman Orsal/Reuters e Kirill Kudryavtsev/AFP

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/09/2020 04h00

Bayern de Munique e Sevilla se enfrentam pela Supercopa da Uefa, hoje (24), às 16h (de Brasília), na Puskas Arena, em Budapeste (Hungria). O time bávaro conquistou a Liga dos Campeões da temporada passada, e o clube espanhol venceu a Liga Europa.

Ponto em comum em ambos é a perda de suas referências técnicas após o fim da temporada: Thiago Alcântara se transferiu para o Liverpool e o antigo camisa 10 do Sevilla, Éver Banega, se acertou com o Al-Shabab, da Arábia Saudita.

Na temporada 2019/20, o Bayern de Munique fez 52 partidas, e Thiago participou em 40 oportunidades. O Sevilla disputou 54 jogos, e Banega jogou 43 vezes.

O brasileiro naturalizado espanhol era o responsável no time alemão por distribuir o jogo e conseguir a vantagem necessária ao se desenvencilhar do primeiro combate com um drible, errando muito pouco na saída de bola. Já o argentino organizava o meio-campo da equipe espanhola e sempre contribuía com assistências aos companheiros — foi fundamental na campanha da Liga Europa, principalmente nas partidas contra o Wolverhampton e Manchester United.

Com a saída de Thiago, o técnico do Bayern, Hans-Dieter Flick, colocou Kimmich no meio-campo na posição do espanhol (antes atuava na lateral direita) e Pavard na lateral.

Na vitória por 8 a 0 contra o Schalke 04, na estreia no Campeonato Alemão, promoveu a titularidade de Leroy Sané, no lugar de Coman, contratado junto ao Manchester City.

Já no Sevilla devem ocorrer alterações na lateral-esquerda por conta da saída de Reguilón para o Tottenham e o retorno de Ivan Rakitic, ex-Barcelona. O experiente croata deve assumir a vaga deixada por Banega.

Futebol