PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fla pede adiamento de jogo com Palmeiras após ter 7 jogadores com covid

Treino do Flamengo em Guayaquil com técnico Domènec Torrent - Reprodução/@Flamengo
Treino do Flamengo em Guayaquil com técnico Domènec Torrent Imagem: Reprodução/@Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

22/09/2020 21h46Atualizada em 22/09/2020 23h01

Com sete casos de Covid-19 no elenco, o Flamengo enviou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pedindo o adiamento da partida contra o Palmeiras, marcada para domingo, pelo Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque. O pleito ainda não foi respondido pela entidade.

No documento, a cúpula rubro-negra indica, além de um prejuízo técnico diante do alto número de desfalques, o risco também de novos casos nos próximos dias, uma vez que a delegação esteve junta durante a passagem pelo Equador, onde houve os confrontos com o Independiente del Valle e Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores. A informação foi publicada inicialmente pelo site "ge" e confirmada pelo UOL Esporte.

A CBF jamais adiou uma partida e há o entendimento de que há tempo para recuperação e o Fla tem elenco para superar o problema. A entidade não adiou nenhuma partida com circunstâncias similares, mas o Rubro-negro decidiu encarar a empreitada mesmo assim. A delegação fará uma nova bateria de exames na sexta, com os resultados saindo um dia depois. Até que isso ocorra, a chance de mudança de data é mínima.

Ao todo, o Rubro-Negro teve nove casos de coronavírus, sendo sete jogadores — Isla, Matheuzinho, Filipe Luís, Diego, Bruno Henrique, Michael e Vitinho — e mais dois de integrantes do departamento, o médico Márcio Tannure e o ex-zagueiro Juan.

Na noite de hoje (22), depois de um impasse quanto à realização da partida, justamente por conta do surto de contágio no grupo do Fla, a equipe de Doménec Torrent venceu o Barcelona de Guayaquil e chegou a nove pontos no Grupo A. No Brasileiro, o time da Gávea tem 17 pontos e ocupa a sexta colocação.

Palmeiras é contra

Ainda nesta noite, o Palmeiras, por meio de uma rede social, publicou um comunicado em que se diz contra o adiamento da partida. O posicionamento foi assinado pelo presidente Mauricio Galiotte.

"O Palmeiras é contra o adiamento da partida do próximo domingo. O protocolo adotado para a competição contempla situações desse tipo. Não há, portanto, razão para que o jogo não aconteça".

Flamengo