PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

CBF e times da Série A se reunirão para debater volta de público a estádios

Debate acontece depois de amanhã, às 16h30, por videoconferência - Arte/UOL
Debate acontece depois de amanhã, às 16h30, por videoconferência Imagem: Arte/UOL

Do UOL, em São Paulo

22/09/2020 20h34Atualizada em 22/09/2020 20h56

Classificação e Jogos

A CBF anunciou hoje, em nota, que irá se reunir com os 20 clubes da primeira divisão do Campeonato Brasileiro de 2020 para discutir a possibilidade de retorno de público aos estádios. Os torcedores estão vetados como medida de combate à pandemia do novo coronavírus.

A entidade máxima do futebol brasileiro anunciou ter recebido um parecer favorável do Ministério da Saúde sobre os estudos para que os jogos voltem a contar com torcedores.

Os estádios, no entanto, poderão ter no máximo 30% de ocupação. O retorno é previsto para o mês de outubro, embora a CBF adiante ainda não ter data definida e dependa de autoridades sanitárias de cidades e estados para tal.

"A medida (...) condiciona a permissão à avaliação das autoridades sanitárias dos estados e municípios onde há clubes participantes da referida competição", descreve.

A reunião com os clubes está marcada para depois de amanhã, às 16h30, por videoconferência. Depois disso, a CBF começará a conversar com autoridades das cidades e estados que têm times na primeira divisão.

Segundo Walter Feldman, secretário-geral da CBF, o parecer do Ministério "é o primeiro passo do plano de retorno dos torcedores aos estádios brasileiros".

"Já realizamos quase 300 partidas com total saúde e segurança aos atletas e comissão técnica", alegou. "Não faremos nada de forma irresponsável. Não há prazo nem quantidade definidos. Os próximos passos incluem uma reunião com os 20 clubes da Série A, mais as federações dos estados correspondentes e logo em seguida uma consulta às autoridades municipais e estaduais de saúde para que conjuntamente possamos decidir pelo retorno."

Ainda de acordo com o dirigente, "o desejo da CBF é que o retorno seja feito de forma integrada, sistêmica e gradual".

A diretriz técnica operacional para o retorno de competições da CBF, no entanto, determinava que a retomada do futebol nos torneios da entidades aconteceriam sem público. Desta forma, será necessário alterar a orientação do documento para permitir jogos com presença de torcedores ainda do Brasileirão de 2020.

"Todas as partidas serão realizadas com acesso restrito ao campo de jogo e vestiários limitado aos funcionários essenciais à administração do estádio no dia do jogo, atletas das equipes e respectivas comissões técnicas, além de equipe de arbitragem, delegados da partida e equipe de controle de dopagem", alegava a diretriz.

Confira a nota:

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) informa que recebeu parecer favorável do Ministério da Saúde (MS) sobre o plano de estudos para o retorno do público aos estádios nas partidas da Série A do Campeonato Brasileiro. A medida prevê a utilização de até 30% da capacidade dos estádios, a partir do mês de outubro, ainda sem data definida, mas condiciona a permissão à avaliação das autoridades sanitárias dos Estados e Municípios onde há clubes participantes da referida competição.

O próximo passo para o desenvolvimento deste plano será a realização de uma reunião com os Clubes disputantes da Série A para discussão do tema, a realizar-se na próxima quinta-feira, 24, às 16h30, por videoconferência, seguida do início da consulta às autoridades estaduais e municipais responsáveis.