PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Ganso voltará a ser titular 'comandando' Xerém em Flu com oito desfalques

Ganso será titular do Fluminense contra o Sport, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro - Mailson Santana/Fluminense FC
Ganso será titular do Fluminense contra o Sport, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

19/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

O ano de Paulo Henrique Ganso ainda é bem tímido para o que jogador e a torcida esperam do camisa 10 do Fluminense. Em que pese boas atuações em algumas partidas, o meia viu Nenê virar o artilheiro do Brasil em 2020 e segue reserva com Odair Hellmann. O jogador de 30 anos terá mais uma chance como titular contra o Sport, amanhã (20), às 20h30, Campeonato Brasileiro.

A oportunidade virá com um Tricolor cheio de desfalques para jogar na Ilha do Retiro. São oito: Nenê, Michel Araújo, Dodi (poupados), Caio Paulista (fratura na mão direita), Frazan (início dos treinos com bola), Digão (lesão na coxa esquerda), Yuri (pubalgia) e Fred (coronavírus). Ganso comandará um time repleto de jogadores de Xerém, com quem tem ótima relação.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2020/ganso-com-moleques-de-xerem-no-fluminense-1600470828817.vm')

Apenas o 22º jogador com mais minutos em campo no elenco em 2020 — contado também Henrique, Gilberto e Evanílson, que deixaram o clube —, Ganso será titular apenas pela terceira vez com Odair. Na última partida entre os 11 iniciais, o camisa 10 jogou os 90 minutos e comandou a equipe na vitória sobre o Athletico, por 1 a 0, na Arena da Baixada.

Nos 20 jogos com o meia em campo — seja como titular ou substituto — na temporada, o Tricolor tem 11 vitórias, três empates e seis derrotas, um aproveitamento de 60%. Sem ele, são 13 jogos, com cinco vitórias, quatro derrotas e quatro empates, ou 48,7% dos pontos disputados.

Dúvidas no time titular

Odair ainda não definiu a equipe, mas provavelmente o Flu terá um time misto contra o Sport. A defesa é o único setor que deve seguir com a formação titular — Nino chegou a ser barrado por Digão por dois jogos. A escalação será decidida neste sábado.

Há a possibilidade de uma formação com quatro homens de meio de campo — com a entrada de André — e dois jogadores mais móveis no ataque — existe dúvida entre Marcos Paulo e Wellington Silva —, já que, com a saída de Evanílson e Fred com Covid-19, não há centroavantes à disposição.

Jovens como João Lopes, Calegari, Daniel Lima, Luan, André, Martinelli, Nascimento, Miguel, Marcos Paulo e Luiz Henrique estarão no elenco que viaja para o Recife, e alguns deles serão titulares.

Fluminense