PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Juca: Me pergunto se a gente não dá importância demais para a Libertadores

Do UOL, em São Paulo

15/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

A Libertadores volta a ser disputada hoje (15) depois de seis meses de interrupção devido à pandemia do novo coronavírus. Desta forma, os times brasileiros que disputam a competição sul-americana optaram por poupar jogadores na décima rodada do Brasileirão visando os jogos desta semana. Dos sete clubes nacionais ainda na disputa, o Athletico-PR foi o único a vencer, enquanto Santos, São Paulo, Grêmio e Palmeiras empataram. Já Flamengo e Internacional perderam no último fim de semana.

No podcast Posse de Bola #56, Juca Kfouri chama a atenção para o caso do Santos, que entra em campo hoje para enfrentar o Olimpia, às 21h30, na Vila Belmiro, e não teve Marinho no primeiro tempo do clássico diante do São Paulo para preservar o jogador para a Libertadores.

"Agora começa a Libertadores, que é uma outra questão que eu gostaria que a gente discutisse. Eu fico me perguntando, mas essa pergunta é que nem a do Zé Trajano sobre qual é a hora certa de mandar um técnico embora, se a gente não dá importância demais para a Libertadores. Quer dizer, o Santos, sábado, põe o Marinho no banco durante uma hora, porque tem jogo na terça-feira pela Libertadores. Recebe o Olimpia na Vila Belmiro. Aí, entra o Marinho e imediatamente faz diferença", diz Juca.

"Não teria sido melhor para o Santos jogar contra o São Paulo para ganhar do São Paulo desde o começo, do que ficar administrando? O Santos acha que pode ser campeão da Libertadores? Está bom, o objetivo não é apenas ser campeão, passando de fase é remunerado, mas será que faz sentido, de fato, tanta importância assim? Ou a aposta 'não, Libertadores, mata-mata, sempre é possível, até o Once Caldas foi campeão, então por que nós não?'", completa.

Juca diz entender o desejo dos torcedores pela Libertadores, mas não aprova que os times poupem jogadores para a competição continental deixando de lado o Campeonato Brasileiro.

"Eu não sei, eu pensaria mais em relação a essa importância que os times brasileiros dão quando isso significa não prestar a mesma atenção no Campeonato Brasileiro. Eu ainda acho o Brasileirão mais interessante, mas provavelmente eu estou enganado porque eu sei que o torcedor em regra quer a Libertadores mais do que quer o Brasileirão", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol