PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Sampaoli pediu T. Neves, mas Atlético volta atrás por rejeição da torcida

Thiago Neves em ação pelo Grêmio na derrota para o Sport - Lucas Uebel/Grêmio
Thiago Neves em ação pelo Grêmio na derrota para o Sport Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/09/2020 20h55Atualizada em 14/09/2020 23h05

O Atlético-MG fechou um acordo verbal com Thiago Neves, que acabou de rescindir o seu contrato com o Grêmio, até o fim do Campeonato Brasileiro 2020. O jogador deveria reforçar a equipe a pedido de Jorge Sampaoli e firmar compromisso com validade até fevereiro de 2021. No entanto, a rejeição da torcida atleticana à chegada do ex-cruzeirense acabou fazendo o clube voltar atrás.

À procura de um meio-campista no mercado da bola para atender ao pedido do treinador, o clube foi atrás do jogador de 35 anos para aperfeiçoar o setor de criação. Ele era esperado amanhã (15) em Belo Horizonte para fazer exames médicos e assinar contrato.

A ideia era que, em seu vínculo, o meia-atacante recebesse remuneração conforme produtividade. Se rendesse o que departamento de futebol e comissão técnica esperam, o jogador teria um acréscimo em seu salário. Caso contrário, teria um salário fixo abaixo dos padrões atuais do futebol brasileiro.

Quando começou a tratar a sua saída do Grêmio, o jogador foi procurado por Jorge Sampaoli para conversar a respeito de uma mudança para a Cidade do Galo. Neves seria o 11º reforço do clube desde a chegada do técnico argentino, mas o 'casamento' entre jogador e Atlético durou poucas horas.

Atlético-MG