PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Régis recupera moral com Ney Franco e deve retomar titularidade no Cruzeiro

Régis conversa com o técnico Ney Franco. Jogador foi autor do único gol no triunfo sobre o Vitória - Fernando Moreno/AGIF
Régis conversa com o técnico Ney Franco. Jogador foi autor do único gol no triunfo sobre o Vitória Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

13/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

Régis ganhou moral com Ney Franco, novo treinador do Cruzeiro. Autor do único gol no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, o meia-atacante deve recuperar a condição de titular do time, o que aconteceu na maioria dos jogos sob a batuta do comandante anterior, Enderson Moreira.

Na nona rodada da Série B do Brasileirão 2020, o dono da camisa 10 celeste balançou a rede após cruzamento de Arthur Caíke e ainda acertou a trave nos minutos finais da partida. O bom futebol ofensivo foi o suficiente para recuperar moral no time e ganhar a confiança da nova comissão técnica.

"O Régis é um jogador com muita qualidade, mas a gente não faz uma equipe competitiva com apenas 11 titulares. Foi legal olhar para o banco e ver que a gente tinha um jogador com a qualidade do Régis. Eu tirei um volante e botei mais um meia. Por isso, destaco a atuação do Jean no jogo também", disse o treinador, que ainda fez elogios à forma de atuar de Régis:

"O Régis entrou e fez o que sabe, dando cadência ao time, ganhamos um pouco mais de qualidade. Ele fez o gol de cabeça, depois teve a oportunidade da bola na trave. É um jogador que a gente avalia que tem muita qualidade e vai nos ajudar muito na temporada", acrescentou.

Em 11 partidas pelo Cruzeiro, Régis fez três gols. O jogador, no entanto, viveu um jejum de seis jogos sem marcar. Ele não sabia o que era celebrar desde 11 de agosto passado, na vitória por 3 a 2 sobre o Guarani, pela segunda rodada da Série B do Brasileirão.

Cruzeiro