PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2020

Léo Gamalho: atacante da Série B que igualou Gabigol na artilharia nacional

Léo Gamalho comemora gol marcado pelo CRB contra o Cruzeiro em partida pela Copa do Brasil 2020 - Fernando Moreno/AGIF
Léo Gamalho comemora gol marcado pelo CRB contra o Cruzeiro em partida pela Copa do Brasil 2020 Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

13/09/2020 04h00

Classificação e Jogos

Goleador do Brasileirão em 2018, pelo Santos, e em 2019, pelo Flamengo, Gabriel Barbosa ganhou um concorrente de peso pela artilharia nacional nesta temporada. E o rival, que não joga na Série A, ganhou fama ao se tornar o carrasco do Cruzeiro. Na camisa do CRB, ele estampa o nome de Léo Gamalho. Já na internet, se tornou o Ibrahimovic do Nordeste.

Assim como o atacante do Flamengo, Gamalho marcou 16 gols neste ano. Ele é artilheiro da Série B até o momento, além de eleito melhor jogador da competição no mês de agosto. A maior parte desses gols foi marcada após a retomada do futebol. O jogador, de 34 anos, anotou nove vezes desde então, número que ninguém conseguiu alcançar em campos brasileiros. Nem mesmo Gabigol.

Nos últimos cinco jogos, por sinal, Gabigol marcou um gol em cada partida, assim como Gamalho. No ano, o centroavante do Flamengo também foi o artilheiro do Carioca com 8 gols. Pelo Alagoano, Gamalho, que foi campeão estadual, não liderou a artilharia, mas ficou em terceiro lugar, com cinco gols anotados.

"É um momento muito bom que estou vivendo. Eu sempre falo que estou em busca do meu melhor momento e graças a Deus estou vivendo um momento ótimo e nossos companheiros também tem me ajudado", conta Gamalho ao UOL. Apesar da artilharia, o atacante enfatiza a importância da equipe nesse seu momento. Outro ponto destacado pelo jogador é o fato de poder levar alegria a torcedores em um momento de pandemia mundial.

"Fico muito feliz em estar representando a equipe do CRB, fazendo os gols e alegrando o torcedor principalmente nesse momento difícil que a gente vive de pandemia no planeta todo, mas pelo menos a gente pode levar um pouco de alegria aos torcedores", frisa.

Léo Gamalho x Cruzeiro - Itawi Albuquerque/AGIF - Itawi Albuquerque/AGIF
Imagem: Itawi Albuquerque/AGIF

Ibrahimovic do Nordeste

O sucesso no time alagoano fez o atacante se tornar ídolo da torcida. Em Alagoas, muitos já chamam Léo Gamalho de Gamalhovic ou "Ibrahimovic do Nordeste" devido à posição de centroavante, a sua elevada estatura e ao longo cabelo comprido amarrado em um rabo de cavalo, penteado do mesmo estilo utilizado pelo sueco do Milan.

O estilo "Ibrahimovic" rendeu até meme para o atacante no ano passado. A semelhança entre Gamalho, que jogava pelo Criciúma, e Renan Fonseca, zagueiro da Ponte Preta, chamou tanto a atenção dos internautas que acabou rendendo piadas nas redes sociais. Para completar, um torcedor que estava assistindo ao jogo da arquibancada também foi comparado aos jogadores.

Carrasco cruzeirense

Gaúcho de Porto Alegre, Léo Gamalho chegou ao CRB nesta temporada e conquistou o Campeonato Alagoano com o time. Um dos segredos para o grande momento vivido na carreira está nos treinos e na característica de jogo composta pelo técnico Marcelo Cabo.

"No Criciúma, a gente jogava de maneira um pouco mais defensiva e aqui com o Marcelo Cabo temos a proposta de jogar pressionando mais e propondo mais o jogo. Acho que isso ajuda bastante para o centroavante, porque quanto mais pressionamos a equipe adversária, mais perto ficamos de fazer o gol. Acho que acaba passando por isso também, a característica e jogo dos técnicos".

O atacante ficou marcado nesta temporada pela fama de carrasco do Cruzeiro. O CRB eliminou o time mineiro na Copa do Brasil e na última segunda-feira (7) ainda arrancou um empate por 1 a 1 no Mineirão pela Série B. Todos os gols do CRB foram marcados por Gamalho.

Tendo passado por mais de uma dezena de clubes no Brasil, Léo chegou a defender o Nacional, do Uruguai e, assim como Gabriel Barbosa, também disputou a Copa Libertadores. Mas foram campanhas mais modestas que as do ídolo do Flamengo, claro.

Mas hoje eles são concorrentes. E a disputa pela ponta da artilharia pode mudar até segunda-feira (14), quando o CRB recebe a Chapecoense no Estádio Rei Pelé, em Maceió, em partida válida pela nona rodada da Série B. Um dia antes, o Flamengo visita o Ceará, na Arena Castelão, pela décima rodada da Série A.