PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Vasco vence 1º clássico no ano e deixa Botafogo na zona de rebaixamento

Do UOL, em São Paulo

13/09/2020 22h24

Classificação e Jogos

O Vasco, enfim, venceu o seu primeiro clássico na temporada. Na noite de hoje, o Cruzmaltino bateu o Botafogo por 3 a 2 no estádio Nilton Santos e encerrou a seca diante dos rivais em 2020. Ribamar, Cano e Ygor Catatau marcaram para o time de São Januário. Matheus Babi, duas vezes, descontou para o Glorioso.

O jogo foi marcado por chances para os dois lados do começo ao fim. Nos últimos minutos, Fernando Miguel fez defesa milagrosa e impediu a igualdade no confronto. O Vasco também teve um gol bem anulado pelo árbitro de vídeo.

Com o resultado, o Vasco ocupa a quarta posição, com 17 pontos — somente três atrás do líder Internacional. O Botafogo, com nove, encerra a rodada em 17º, na zona de rebaixamento.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (17), mas desta vez pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Fernando Miguel para Babi no fim

Se o Vasco ficou com a vitória nesta noite, foi muito por conta de um milagre de Fernando Miguel aos 42 minutos do segundo tempo. O goleiro fez grande defesa à queima roupa em finalização de Babi. Antes, contou com a sorte e viu finalização do camisa 9 do Botafogo parar no travessão.

Matheus Babi, embora tenha falhado no lance que poderia ter definido a igualdade, foi bem e anotou os dois gols da equipe. Homem de referência no ataque, incomodou bastante ao longo da partida.

Vasco marca após erro bisonho

Em um primeiro tempo de boas chances para os dois lados, foi um erro bisonho da defesa do Botafogo que permitiu que o Vasco abrisse o placar. Aos 35 minutos, Benítez levantou a bola para dentro da área, Kevin errou o corte e Benevenuto furou na sequência. Melhor para Ribamar, que só teve o trabalho de empurrar para a rede.

Antes, aos 16, o Vasco teve um gol anulado quando o VAR apontou posição irregular de Talles Magno, que havia completado depois de pegar rebote em pancada na trave de Pikachu.

Pelo lado do Botafogo, a equipe chegou com perigo em mais de uma ocasião. Primeiro, aos seis minutos, Caio Alexandre recebeu a bola na marca do pênalti e finalizou em cima de Pikachu. Depois, aos 30, um lance inacreditável: Depois de cruzamento de Victor Luis, Fernando Miguel saiu mal da meta, Kevin desviou e Babi furou. A bola ainda voltou para Kevin, que chutou em cima do goleiro.

Botafogo reage, mas Vasco decide em 2 minutos

A reação do Botafogo veio logo na volta do intervalo. Aos três minutos, Matheus Babi arriscou de fora área e, com chute forte, deixou Fernando Miguel completamente sem ação.

O time de Paulo Autuori dominou as ações depois do gol, mas não conseguiu a virada. O Vasco aproveitou e decidiu em um intervalo de dois minutos. Aos 25, Cano desviou de cabeça e ele próprio aproveitou o rebote de Cavalieri para marcar. No minuto seguinte, Ygor acertou belo chute cruzado e anotou o terceiro da equipe.

Babi ainda diminuiu aos 37 e teve chance de ouro cinco minutos depois. Mas, em lance de tirar o fôlego, acertou a trave e depois parou em Fernando Miguel.

Fim da seca

O Vasco pôs fim à amarga sequência de derrotas em clássico na temporada. Foi a primeira vitória do Cruz-Maltino em cinco jogos diante dos rivais em 2020 — antes, havia perdido para Fluminense (duas vezes), Flamengo e o próprio Botafogo.

O Botafogo, por outro lado, chegou ao sexto clássico seguido sem triunfo. A equipe venceu somente no primeiro do ano, contra o Vasco.

Botafogo cai para o Z4

O quinto jogo consecutivo sem vitória no Brasileiro custou caro para o Botafogo. Com nove pontos e somente uma vitória, a equipe encerra a décima rodada na zona de rebaixamento. O time de Autuori não vence na competição desde a quarta rodada, quando superou o Atlético-MG por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 3 VASCO

Data e hora: 13/09/2020, às 20h30 (horário de Brasilia)
Local: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelo: Benítez, Fellipe Bastos (VAS) Foster, Kevin (BOT)
Gols: Ribamar, aos 35min do primeiro tempo; Matheus Babi, aos 3min, Cano, aos 25min, e Ygor Catatau, aos 26min, Matheus Babi, aos 37min do segundo tempo

Botafogo: Diego Cavalieri; Kevin (Barrandeguy), Marcelo Benevenuto (Kalou), Kanu, Rafael Foster e Victor Luís; Caio Alexandre (Luiz Otávio), Honda (Rentería), Bruno Nazário e Rhuan (Pedro Raul); Matheus Babi. Técnico: Paulo Autuori

Vasco: Fernando Miguel; Pikachu, Leandro Castán, Ricardo Graça (Miranda) e Henrique; Fellipe Bastos, Marcos Junior e Benítez (Neto Borges); Ribamar (Ygor Catatau), Cano e Talles (Bruno César). Técnico: Ramon Menezes