PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Quesada vê Tiago Nunes demitido desde eliminação na Libertadores

Tiago Nunes foi demitido após derrota para o Palmeiras por 2 a 0 - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Tiago Nunes foi demitido após derrota para o Palmeiras por 2 a 0 Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/09/2020 19h59

O comentarista Leandro Quesada acredita que a demissão do técnico Tiago Nunes foi sacramentada após a eliminação do Corinthians na fase preliminar da Libertadores, em fevereiro, contra o Guarani, do Paraguai. O treinador foi deligado do clube após derrota para o Palmeiras, no Campeonato Brasileiro, por 2 a 0.

No "Expediente Futebol" de hoje, o comentarista do Fox Sports defendeu que Tiago deveria ter assumido o Alvinegro no fim da temporada passada para buscar uma vaga direta na competição sul-americana. Para Quesada, o treinador ainda estaria no clube caso disputasse a fase de grupos da Liberta neste meio de semana.

"Não deu liga, e, às vezes, acontece. Eu acho que foi um erro o Tiago não ter assumido o Corinthians no ano passado. (...) Se o Corinthians tivesse jogo agora, com a volta da Libertadores, ele não teria sido demitido. Deveria ter assumido naquele momento e buscado a classificação entre os seis primeiros; deveria ter colocado o time na fase direta da Libertadores", disse Quesada.

"Ele foi demitido por um motivo apenas: foi eliminado pelo Guarani, do Paraguai. Ninguém vai falar publicamente, mas ele já estava demitido ali. Ele foi demitido na eliminação contra o Guarani, é que deram um 'plus' para ele", completou.

Em busca de um novo comandante, o Corinthians vai ao Rio de Janeiro encarar o Fluminense amanhã, às 16h, no Maracanã, pela décima rodada do Brasileirão.

UOL Esporte vê TV