PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Galhardo decide outra vez, Inter vence Ceará e abre vantagem na liderança

Do UOL, em São Paulo (SP)

10/09/2020 21h08

Classificação e Jogos

O Internacional venceu o Ceará por 2 a 0, hoje (10), no Beira-Rio, pela nona rodada, e se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro. Os dois gols da partida foram marcados por Thiago Galhardo, artilheiro da competição com oito gols. O meia-atacante chegou a 13 gols no ano, sua melhor marca em uma temporada durante toda carreira.

Com a vitória, o Inter abriu vantagem na liderança do Brasileirão, com 20 pontos — três a mais que o segundo colocado, o Flamengo, que tem 17. O Ceará, por sua vez, caiu para a 12ª posição, com 10 pontos.

O Colorado volta a campo pelo campeonato nacional no domingo (13), contra o Goiás, no estádio Hailé Pinheiro, às 18h (de Brasília). Já o time alvinegro recebe o Flamengo, na Arena Castelão, no mesmo dia e na mesma hora.

O melhor: Thiago Galhardo decide mais uma vez

Galhardo - Fernando Alves/AGIF - Fernando Alves/AGIF
Imagem: Fernando Alves/AGIF

O meia-atacante do Internacional, artilheiro da competição, foi o principal responsável pela vitória do time gaúcho. Além de ser oportunista nos gols, comandou as chegadas ao ataque da equipe.

O pior: Cléber atrapalha o ataque

Atacante que se destacou nas últimas rodadas, Cléber não foi bem contra o Inter. Além de ter permitido que Edenílson tenha feito a jogada do gol do Inter, ele atrapalhou algumas transições ofensivas do time alvinegro por conta da falta de velocidade. Ele deu lugar a Rafael Sóbis, aos 26 do segundo tempo.

Inter sofre com pressão na saída de bola

A primeira etapa foi bem distinta das últimas atuações da equipe de Eduardo Coudet. Ocorreram muitos erros na saída de bola, por mérito do Ceará que forçava o erro do time gaúcho. O Colorado demorou a entrar na partida, mas quando marcou seu gol, conseguiu se impor.

Ceará aposta na velocidade de Mateus Gonçalves

Sem Guto Ferreira na beirada do campo, pela expulsão na derrota por 1 a 0 contra o Santos, o Ceará teve o auxiliar Alexandre Faganello coordenando a equipe. Mesmo com três desfalques no setor defensivo (Samuel Xavier, Bruno Pacheco e Luiz Otávio), o time alvinegro conseguiu segurar a pressão que o Inter colocou dentro no Beira-Rio.

Quando o time conseguia recuperar a bola no campo de defesa, apostava na velocidade de Mateus Gonçalves que, com dribles, conseguia se livrar da marcação e criar boa oportunidades, mas faltou o último passe para a finalização.

Peglow sente a coxa direita e deixa a partida na primeira etapa

João Peglow foi escolhido por Coudet para formar a dupla de ataque com Thiago Galhardo. No entanto, o jovem de 18 anos sentiu uma lesão na coxa direita aos 12 minutos do primeiro tempo e deu lugar a Sarrafiore.

Inter aproveita espaços na segunda etapa

Logo nos minutos iniciais, Edenílson, Boschilia (em duas oportunidades) e Thiago Galhardo tiveram chances. Os dois primeiros pararam em defesas de Fernando Prass, já Galhardo chutou a bola na lateral de fora da rede. Na etapa final, se não fosse o goleiro do Ceará, o placar poderia ter sido ainda maior.

Cronologia do jogo

A primeira grande chance da partida foi do Ceará. Aos 10 minutos, a defesa do Inter saiu jogando mal e o volante Charles aproveitou e rolou para Mateus Gonçalves — o atacante driblou Nonato e Zé Gabriel — e passou para Cléber, com melhores condições de finalizar, mas Victor Cuesta tirou a bola em cima da linha. Mesmo chegando pouco ao gol adversário, o Colorado abriu o placar aos 43 minutos, com Thiago Galhardo. Edenílson deu belo drible da vaca em Cléber pelo lado direito e cruzou para o artilheiro da competição, que dentro da pequena área, completou para o fundo da rede — sem nenhuma chance de defesa para Fernando Prass.

Na segunda etapa, o Inter melhorou com a vantagem no placar e ampliou com Thiago Galhardo, aos 30 minutos. O zagueiro Gabriel Lacerda vacilou feio na saída de bola, Boschilia roubou e sobrou para Galhardo, que deu um drible em Fernando Prass para bater para o gol vazio.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 2 x 0 CEARÁ

Data: 10 de setembro de 2020
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Helton Nunes (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartões amarelos: Alyson e William Oliveira (CEA)
Gols: Thiago Galhardo, aos 43 minutos do primeiro tempo e aos 30 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Johnny, Edenílson, Nonato (Patrick), Boschilia (Rodrigo Moledo); Peglow (Sarrafiore (Abel Hernández)) e Thiago Galhardo (D'Alessandro). Técnico: Eduardo Coudet.

CEARÁ: Fernando Prass; Eduardo, Tiago Pagnussat, Gabriel Lacerda e Alyson; William Oliveira (Lima), Charles, Vina (Rick) e Fernando Sobral (Ricardinho); Mateus Gonçalves (Felipe Baxola) e Cléber (Rafael Sóbis). Técnico: Alexandre Faganello.