PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Fluminense encaminha venda de goleiro Marcelo ao Liverpool

Aos 17 anos, goleiro Marcelo Pitaluga está a caminho do Liverpool e deixará o Fluminense - Lucas Merçon/Fluminense FC
Aos 17 anos, goleiro Marcelo Pitaluga está a caminho do Liverpool e deixará o Fluminense Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/09/2020 11h59

O Fluminense está bem próximo de fechar a venda de Marcelo Pitaluga ao Liverpool. O time inglês pagará 2 milhões de euros (R$ 12,5 milhões, na cotação de hoje) pelo goleiro de 17 anos entre pagamento à vista e metas.

A proposta foi considerada irrecusável pelo jogador e pelo clube, que ficará com 25% do valor de uma futura venda.

Por ter passaporte alemão, Marcelo não precisa esperar fazer 18 anos e deixará o Brasil já neste mercado da bola junto com seus familiares, que o acompanharão em Liverpool. A operação caminha para ser fechada nos próximos dias, restando apenas trâmites burocráticos e acertos contratuais.

O Flu não desejava negociar Marcelo, mas a difícil realidade financeira vivida pelo clube somada às dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus aceleraram um pouco o processo. O Liverpool já busca informações de Pitaluga desde o ano passado.

Internamente, a avaliação é de que o processo de maturação dos goleiros demora um pouco mais. Assim, seria necessário que Marcelo evoluísse principalmente fisicamente por mais cinco ou seis anos até que assumisse a posição de titular.

A comparação é com outro jogador que era tido como uma joia embaixo das traves em Xerém: Marcos Felipe, atual reserva de Muriel — que também tem contrato longo, até 2023. Além dos dois, o Tricolor tem também João Lopes, do sub-23, e Pedro, do sub-20, mais velhos que Pitaluga, campeão mundial sub-17 com a seleção em 2019.

A negociação se intensificou nos últimos dias. Marcelo Pitaluga tinha contrato com o Fluminense apenas até fevereiro de 2022, e o Tricolor tinha medo de perder o valorizado atleta, principalmente por conta do passaporte europeu.

O desejo do goleiro e de sua família sempre foi a vida na Europa. No Liverpool, a ideia é trabalhar o atleta para ser o herdeiro de Alisson — com quem Marcelo conversou nos últimos dias a partir da relação com Muriel, titular do Fluminense e irmão mais velho do goleiro da seleção brasileira.

Fluminense