PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Enderson admite tristeza em empate do Cruzeiro: "muito decepcionante"

Enderson Moreira, técnico do Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Enderson Moreira, técnico do Cruzeiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/09/2020 23h18

Classificação e Jogos

Enderson Moreira ficou decepcionado com o empate por 1 a 1 do Cruzeiro com o CRB, em jogo válido pela oitava rodada da Série B do Brasileirão 2020. O treinador crê que o time apresentou um futebol abaixo do que vinha atuando no torneio. Esta é a sexta partida seguida sem vencer dos mineiros.

"Eu, particularmente, acho que fizemos os dois tempos abaixo do que fizemos contra o Brasil de Pelotas. Hoje, nos dois tempos, a gente não fez aquilo que poderia ter feito. A falta de regularidade é o que nos faz perder tantos pontos e perder a oportunidade de conquistar vitórias", comentou Enderson Moreira.

"Eu não tenho o resultado como parâmetro, mas a minha avaliação é técnica. Fizemos um bom jogo contra o Brasil de Pelotas, mas acho que hoje não. O torcedor merecia uma partida melhor. A gente precisava merecer a vitória. É a nossa insatisfação, o torcedor tem razão e esse é um futebol aquém do que o grupo pode entregar. A gente não pode deixar de pensar o jogo para frente. Eu tento mostrar para eles qual é o caminho. O abalo do grupo é enorme em cima de tudo o que o grupo está vivendo, uma Série B pela primeira vez. O Cruzeiro precisa entrar na competição o quanto antes e errando o mínimo possível. É o caminho que temos. A gente não consegue ser tão eficiente e a gente está pagando um preço enorme por isso", acrescentou.

Enderson Moreira disse ainda que o elenco está dentro da atual realidade do clube. Ele reforça que a Série B é uma novidade para os jogadores que defendem o Cruzeiro.

"O elenco é dentro da nossa realidade hoje, o que a gente está conseguindo montar. Jogadores que nunca tiveram oportunidade de defender um time grande como o Cruzeiro. A gente precisa de coragem para vencer os obstáculos. O que a gente lamenta muito é que a gente tem sinais bons, mas oscila muito, deixa de fazer em alguns momentos. Traz uma tristeza ainda maior, uma carga ainda maior. A gente precisa enfrentar isso. É muito decepcionante o resultado e a atuação da equipe. A gente já fez coisas muito melhores. A gente precisa manter isso e manter a regularidade por 90 minutos. A gente tem que fazer o segundo gol e não ficar com a tensão até o último minuto", concluiu.

Cruzeiro