PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Baixas fazem Odair mudar ataque do Fluminense; técnico indica novas opções

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

07/09/2020 04h00

Enquanto as falhas defensivas do Fluminense chamaram atenção na derrota de virada para o São Paulo, o ataque também esteve em pauta. Mais precisamente, a utilização do jovem Marcos Paulo, que foi escalado por Odair Hellman como centroavante e pode voltar ao centro da discussão de como é melhor utilizado.

Na ausência de Evanilson, suspenso, e de Fred, afastado de forma preventiva após sua esposa testar positivo para Covid-19, o jogador foi a referência no setor ofensivo. Segundo o técnico, essa seria a opção mesmo se o veterano estivesse à disposição.

"Já íamos iniciar com esse time, tínhamos trabalhado e tomado as decisões. Infelizmente, perdemos o Fred que era uma opção, um jogador importante. Mas a ideia inicial era essa", disse Odair, em entrevista após a partida.

Na última temporada, Marcos Paulo ganhou destaque na posição, mas, em 2020, vem atuando mais como ponta, tendo Evanilson como companheiro de setor. A revelação de Odair, porém, indica que o ataque pode ganhar outra forma.

Até aqui, Marcos Paulo balançou a rede cinco vezes, sendo quatro no Campeonato Carioca e um na Copa do Brasil. Evanilson, por sua vez, tem oito gols, enquanto Fred tem um, no clássico com o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro.

Contratado no fim de maio, Fred se tornou titular, mas não teve o rendimento esperado. Pouco depois, teve de passar por uma cirurgia no olho e, na retomada, viu Evanilson recuperar espaço no time.

Autor do gol do Fluminense contra o São Paulo, Wellington Silva vem sendo opção no Brasileirão e pode ser mais um nome a ser considerado neste quebra-cabeça que parece não ter fim nas Laranjeiras.

Gringos de olho

Evanílson marcou um golaço pelo Fluminense contra o Atlético-GO pelo Campeonato Brasileiro - Lucas Merçon/Fluminense FC - Lucas Merçon/Fluminense FC
Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Um dos destaques do Fluminense na temporada, Evanilson vem sendo monitorado e já teve o nome especulado em alguns clubes europeus. Uma transação envolvendo o jogador ainda neste ano não está fora de cogitação.

O jogador tem vínculo com a Tombense, e o Tricolor 10% de direitos e mais 20% de taxa de vitrine. Sendo assim, teria direito a 30% do valor de uma futura venda, caso ela aconteça até o fim do ano que vem.

Felippe Cardoso ganha chance

Felippe Cardoso, atacante emprestado pelo Santos ao Fluminense - Lucas Merçon/Fluminense FC - Lucas Merçon/Fluminense FC
Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Pouco utilizado na temporada, Felippe Cardoso, de 21 anos, foi acionado por Odair Hellmann no segundo tempo do jogo com o São Paulo, entrando na vaga do volante Yuri e tendo a responsabilidade de ajudar na construção de oportunidades. O jogador, que ficou sem espaço após a chegada de Fred, atuou pela primeira vez neste Brasileirão.

Em julho, a diretoria do Fluminense chegou a estudar reemprestar o atacante, que tem vínculo com o Santos, mas ainda não houve avanço na pauta.

Fluminense