PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro sai na frente, cede empate ao CRB e chega ao 6º jogo sem vencer

Marcelo Moreno foi autor do gol do Cruzeiro diante do CRB, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2020 - Alessandra Torres/AGIF
Marcelo Moreno foi autor do gol do Cruzeiro diante do CRB, pela Série B do Campeonato Brasileiro 2020 Imagem: Alessandra Torres/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/09/2020 21h56

Classificação e Jogos

O Cruzeiro voltou a sair com um tropeço pela Série B do Campeonato Brasileiro 2020. O time empatou por 1 a 1 com o CRB, na noite de hoje (7), pela oitava rodada da segunda divisão nacional, e chegou ao sexto jogo seguido sem um resultado positivo. Marcelo Moreno abriu o placar no Mineirão, e Léo Gamalho empatou nos minutos finais do segundo tempo.

Com o resultado, a equipe de Enderson Moreira ocupa a 16ª colocação, com cinco pontos. O CRB é o sétimo colocado, com 13 pontos.

A Raposa volta a campo na sexta-feira (11), às 21h30 (de Brasília), para enfrentar o Vitória, novamente no Mineirão. O CRB joga contra a Chapecoense em 14 de outubro, às 19h15 (de Brasília).

Quem foi bem: Machado

De volta à equipe titular, o volante teve boa atuação diante do CRB. Com mais disposição que Ariel Cabral, atuou ao lado de Henrique e criou boas jogadas no meio de campo. Foi ele quem deu assistência para o gol de Marcelo Moreno no primeiro tempo da partida válida pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Léo Gamalho volta a marcar contra o Cruzeiro

Escalado como referência do CRB, o atacante não teve uma atuação destacável diante do Cruzeiro. Ele encontrou dificuldades para levar perigo ao gol adversário e pouco criou nos lances que pôde aparecer. O atacante, algoz do Cruzeiro em partidas anteriores, não foi tão bem no Mineirão, na noite de hoje (7). Entretanto, nos minutos finais, contou com erros de Machado e Ariel Cabral para balançar a rede de Fábio.

Moreno marca o 2º gol em 13 jogos pelo Cruzeiro

Considerado a principal contratação do Cruzeiro na temporada, Marcelo Moreno voltou a balançar a rede na noite de hoje (7). O atacante de 33 anos fez o segundo gol em 13 partidas pela equipe comandada por Enderson Moreira. Ele aproveitou escanteio cobrado por Filipe Machado para estufar a rede adversária. O lance aconteceu ainda no primeiro tempo. Antes disso, ele havia marcado diante do Guarani-SP, pela segunda rodada da Série B.

Cruzeiro tem dificuldade para criar e excede em cruzamentos

Com dificuldades para tomar as rédeas da partida, o Cruzeiro tentou adiantar as linhas e dominar o jogo. A dificuldade dos comandados de Enderson Moreira foi criar oportunidades. O time se excedeu em cruzamentos na direção da grande área. Filipe Machado, Raúl Cáceres e Matheus Pereira fizeram vários levantamentos, mas falharam na tentativa de encontrar Marcelo Moreno, referência da equipe na grande área adversária.

CRB se fecha, tenta contra-ataques e encontra dificuldades

Fechado no campo de defesa, o CRB encontrou dificuldades para enfrentar o Cruzeiro e sair nos contra-ataques. O time tentou chegar ao setor ofensivo em velocidade com Bill (que entrou no segundo tempo) e Léo Gamalho. Entretanto, foi muito bem marcado e pouco criou. Nas raras chances de marcar, o time parou na falta de pontaria e nas defesas de Fábio. Léo Gamalho, no entanto, balançou a rede nos minutos finais do segundo tempo.

Ficha técnica
Cruzeiro 1 x 1 CRB

Motivo: oitava rodada da Série B do Brasileirão
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 7 de setembro de 2020 (segunda-feira)
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Gizeli Casaril (SC)

Cartão amarelo: Marcelo Moreno, Cacá (Cruzeiro); Igor Cariús (CRB)

Gol(s): Marcelo Moreno, aos 36 minutos do primeiro tempo (1-0); Léo Gamalho, aos 39 minutos do segundo tempo (1-1)

CRUZEIRO: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá (Manoel) e Matheus Pereira; Machado, Henrique (Ariel Cabral) e Maurício (Régis); Arthur Caíke, Airton (Rafael Luiz) e Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Enderson Moreira.

CRB: Victor Souza; Reginaldo Lopes, Gum, Reginaldo Júnior e Igor Cariús; Claudinei, Washington e Diego Torres (Bill); Magno Cruz (Felipe Menezes), Luidy (Alisson Safira) e Léo Gamalho (Lucas Mendes). Técnico: Marcelo Cabo.

Futebol