PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Andrés Sanchez diz que contrataria Ceni, mas não técnico estrangeiro

Andrés Sanchez em entrevista coletiva virtual no CT Joaquim Grava neste sábado - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Andrés Sanchez em entrevista coletiva virtual no CT Joaquim Grava neste sábado Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Do UOL, em São Paulo

05/09/2020 10h59

Presidente do Corinthians, Andrés Sanchez afirmou que "não traria jamais um estrangeiro" para ser técnico do time. Atualmente, o clube paulista é treinado por Tiago Nunes.

Para Sanchez, as análises e comentários sobre o trabalho do português Jorge Jesus no Flamengo foram superestimados: "os treinadores brasileiros não devem nada a Jorge Jesus", disse em sua participação no programa "Aqui com Benja", do Fox Sports.

Sanchez, que está em seus últimos meses como presidente do clube, também revelou qual nome gostaria de ver treinando o Corinthians: o ex-capitão são-paulino, Rogério Ceni.

"Seria um grande treinador", disse. Atualmente, Ceni é técnico do Fortaleza.

Ainda sobraram críticas para o ex-treinador do time Fábio Carille e para o ex-zagueiro, Chicão. Segundo Sanchez, ele tem um "problema pessoal seríssimo" com o primeiro e o segundo, que moveu processo judicial contra o clube por direitos de arena, é um "covarde".

A entrevista de Sanchez vai ao ar hoje às 23h45 no Fox Sports.

Corinthians