PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Danilo Avelar marca no fim e garante vitória do Corinthians contra o Goiás

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/09/2020 21h12

O Corinthians venceu o Goiás por 2 a 1, hoje (2), no estádio da Serrinha, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, com um gol "salvador" de Danilo Avelar, de cabeça, após cobrança de escanteio de Otero, aos 45 minutos do segundo tempo. O Timão jogou melhor no primeiro tempo, de forma ofensiva, e abriu o marcador com gol contra dos goianos. No entanto, Tiago Nunes voltou a recuar o time na segunda etapa e viu seu time permitir o empate. O gol de Avelar saiu de forma inesperada, já que o Timão não jogava bem.

O time paulista "chamou" o adversário para o seu campo. No intervalo, além da postura tática mais defensiva, o treinador corintiano sacou Camacho para a entrada de Gabriel para proteger mais a defesa, mas a substituição não funcionou. Se não bastasse, o Corinthians ainda contou com uma falha do goleiro Cássio, que saiu mal do gol e "facilitou" a vida do atacante Vinícius, que apareceu livre na "cara" do goleiro e tocou por baixo para empatar o jogo. Mas, Avelar marcou de cabeça após cobranças de escanteio e "salvou" Tiago Nunes de terminar a rodada bastante pressionado.

O Corinthians volta a campo diante do Botafogo no próximo sábado (5), às 19h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Goiás encara o Sport, domingo (6), às 20h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro,

O melhor: Cantillo volta ao normal

O volante Cantillo voltou a se destacar no meio-campo do Corinthians. Ele havia caído de rendimento após ser contaminado pelo coronavírus. O colombiano perdeu muito peso e sofreu desgaste físico. No entanto, ele já tinha se destacado contra o São Paulo ao lançar a bola para Ramiro fazer o gol. E hoje lançou o camisa 8 pelo alto e saiu o gol do Timão.

O pior: Tiago Nunes recua o time

Tiago - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O técnico Tiago Nunes mexeu mal no intervalo com a entrada de Gabriel no lugar de Camacho. No entanto, ele deixou a desejar, principalmente, por recuar demais o time no segundo tempo.

Piton deixa o time mais ofensivo

Lucas Piton fez uma boa partida, muito acima de seus concorrentes de posição: Sidcley. Ele voltou a ganhar uma chance no time na vaga de Sidcley, que ficou no banco de reservas. O jovem lateral atua como um veterano. Ele mostra personalidade na saída de bola e chega ao ataque constantemente com qualidade.

Cronologia do jogo

Ramiro - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O Corinthians se mostrou mais ofensivo contra o Goiás, bem diferente do que apresentou em todos os jogos após a paralisação por conta da pandemia. O novo lado esquerdo com Piton e Gustavo Mosquito foi bastante veloz. Luan também "caiu" bastante por este lado para armar as jogadas. No entanto, foi pelo lado direito que o Timão abriu o placar. Cantillo fez um lançamento longo para Ramiro desviar de cabeça e o defensor do Goiás marcar o gol contra. O problema é que na segunda etapa a intensidade caiu. O time voltou a trocar mais passes e jogar de forma mais horizontal. Com isso, o Corinthians "chamou" o Goiás para o seu campo e passou a investir nos contra-ataques. Essa postura voltou a lembrar o time pragmático de Tiago Nunes no retorno após a paralisação. O Goiás, por sua vez, sofre com qualidades técnicas em campo. E permitiu o Corinthians marcar pressão em seu campo e foi pouco perigoso durante todo o jogo, mesmo com o espaço que recebeu no segundo tempo. Mesmo assim foi o suficiente para empatar o jogo, com Vinícius. Mas, em bola parada, Avelar garantiu a vitória de cabeça após escanteio batido por Otero.

Luan mais acordado

Luan - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O meia Luan, que perdeu a posição de titular para Araos nos últimos, ganhou uma nova chance no time titular hoje. Apesar de não brilhar com gols ou assistências, ele se mostrou mais participativo em campo. O camisa arriscou dribles, toques de primeira e jogadas mais verticais.

Cássio salva e falha

O goleiro Cássio está em grande fase desde o retorno do futebol após a paralisação por conta do coronavírus. Hoje, quando precisou fez grandes defesas. Foram duas com os pés no primeiro tempo que salvaram o Corinthians. No entanto, o camisa 12 falhou no gol do Goiás ao sair mal do gol e facilitar a finalização do atacante Vinícius.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 1 X 2 CORINTHIANS

Data: 2 de setembro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Cartões amarelos: Vinicius Lopes (GOI); Ramiro, Fagner, Otero (COR)

GOLS:
Goiás: Vinicius Lopes, aos 20 minutos do segundo tempo

Corinthians: Fábio Sanches (contra), aos 27 minutos do primeiro tempo, e Danilo Avelar, aos 45 minutos do segundo tempo.

GOIÁS: Tadeu; Juan Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Ratinho (Figueira) e Daniel Bessa; Keko (Ignacio Jara), Vinícius Lopes (Douglas Baggio) e Mike (Kevin).
Técnico: Thiago Larghi.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Piton; Camacho (Gabriel), Cantillo (Éderson), Ramiro (Léo Natel) e Luan (Araos); Gustavo Mosquito (Otero) e Jô.
Técnico: Tiago Nunes

Futebol