PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Lyon bate o Wolfsburg e conquista o hepta da Liga dos Campeões feminina

Eugenie Le Sommer comemora após marcar para o Lyon contra o Wolfsburg na final da Liga dos Campeões - Gabriel Bouys/Pool via Getty Images
Eugenie Le Sommer comemora após marcar para o Lyon contra o Wolfsburg na final da Liga dos Campeões Imagem: Gabriel Bouys/Pool via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/08/2020 16h56

O Lyon venceu hoje (30) o Wolfsburg por 3 a 1 e conquistou seu sétimo título da Liga dos Campeões da Uefa feminina, a quinta vencida de maneira consecutiva. Os gols das francesas foram marcados por Le Sommer, Kumagai e Gunnarsdóttir, enquanto Popp descontou para as alemãs. A partida foi disputada no Estádio Anoeta, em San Sebastián, Espanha.

Vale lembrar que as hegemônicas lionesas derrotaram o Wolfsburg em todos os seus títulos continentais desde 2016, sendo três dessas vezes em finais.

Freguesia alemã

Ambas as equipes entraram em campo com invejáveis 100% de aproveitamento nesta edição da Liga dos Campeões, com seis vitórias em seis jogos. Apesar disso, por sua soberania no futebol europeu há quase uma década, o Lyon era considerado favorito.

Tal condição se confirmou antes da primeira metade do primeiro tempo, quando Le Sommer aproveitou o rebote da goleira Kiedrzynek, e abriu o placar para o Lyon numa jogada construída por todas as 11 jogadoras do time francês.

O Wolsfburg até passou a ter mais volume de jogo com a desvantagem no placar, mas a meio-campista Saki Kumagai aproveitou uma sobra de bola nos minutos finais da primeira etapa para marcar um golaço de fora da área e ampliar a vantagem lionesa para 2 a 0.

Wolfsburg reage

Na volta do segundo tempo, o Wolfsburg veio a campo com outra postura e passou a dominar as ações da partida. Isso se refletiu aos 12 minutos, quando a meia Alexandra Popp aproveitou um bate e rebate em um cruzamento e marcou para as alemãs.

A pressão teve fim aos 43 do segundo tempo, quando a islandesa Sara Gunnarsdóttir aproveitou um cruzamento rasteiro de Le Sommer para fechar o placar em 3 a 1 para o Lyon.

Hegemonia lionesa

Com a conquista, o Lyon amplia sua vantagem como maior campeão da Europa, com sete títulos (2011, 2012, 2016, 2017, 2018, 2019). Em segundo lugar no ranking está o Eintracht Frankfurt, que venceu a competição quatro vezes. Vice hoje, o Wolfsburg possui duas conquistas da Liga dos Campeões feminina (2013, 2014) e é o terceiro maior campeão continental da Europa ao lado de Umeå (Suécia) e Turbine Potsdam (Alemanha).

Futebol