PUBLICIDADE
Topo

Mineiro - 2020

Ibson deixou aposentadoria a pedido de agente e agora desafia Atlético-MG

Ibson é o grande destaque do Tombense, rival do Atlético-MG na final do Campeonato Mineiro 2020 - Victor Souza
Ibson é o grande destaque do Tombense, rival do Atlético-MG na final do Campeonato Mineiro 2020 Imagem: Victor Souza

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

30/08/2020 04h00

Classificação e Jogos

Ibson tinha a certeza da aposentadoria aos 34 anos, em janeiro de 2019, depois de uma carreira vitoriosa por Flamengo, Santos e Corinthians, e também de uma passagem de quatro temporadas pelo Minnesota United, dos Estados Unidos. A ideia do jogador era abandonar o futebol para dedicar o tempo à família.

Com a decisão tomada, ficou cinco meses fora dos gramados até receber o convite de Eduardo Uram, seu agente, para defender o Tombense na Série C do Campeonato Brasileiro 2019. Resistente no início, aceitou o desafio que teria dois meses e meio de duração.

O futebol apresentado no torneio foi o suficiente para o atleta ter o contrato renovado para 2020. Aos 36 anos, ele chega à final do Campeonato Mineiro 2020 contra o Atlético-MG como o principal destaque do Tombense.

"Tudo começou no ano passado, quando eu estava voltando dos Estados Unidos. Eu voltei em janeiro e com o intuito de parar de jogar futebol. Queria curtir um pouco mais a minha esposa, os meus filhos e os meus amigos. Eu fiquei cinco meses em casa, meu empresário [Eduardo Uram] me ligou, perguntando se eu queria ajudá-lo no Tombense, porque é um clube-empresa do meu empresário junto com o presidente Lane Gaviolle. Ele me convidou para jogar dois meses e meio na Série C", disse em entrevista ao UOL Esporte.

"Acabei chegando, as coisas foram acontecendo. Consegui encontrar novamente a felicidade de jogar futebol. Não estava triste, mas pensava em me aposentar. Gostei da cidade, meus filhos adoraram a cidade, minha esposa também. A gente acabou renovando por mais um ano, e as coisas estão ocorrendo muito bem", acrescentou.

Acostumado a defender gigantes do Brasil, tem a sua primeira experiência em um clube menor no cenário nacional. Mesmo que a equipe tenha se profissionalizado apenas em 1999, a estrutura na cidade de Tombos, no interior de Minas Gerais, surpreendeu Ibson.

"Não tem tanta diferença, é uma cidade pequena, mas o clube tem um CT muito bem estruturado. Nós temos um estádio que comporta grandes espetáculos, porque tem um gramado sensacional. Então, me surpreendeu a estrutura que encontrei lá, eu não esperava", comentou o jogador, que fica feliz por ser considerado o destaque do time comandado por Eugênio Souza no Campeonato Mineiro 2020.

"Fico bastante feliz quando eu acabo ouvindo alguma coisa ao meu respeito, como você [repórter] acabou de citar que estou sendo o destaque do Campeonato Mineiro. Mas, além de estar feliz, tenho que agradecer aos meus companheiros que me proporcionam isso. Estou bastante feliz, fazendo o que eu gosto. A gente conseguiu montar um grande elenco, um grande grupo, pude fazer uma boa pré-temporada. E a gente tem ido muito bem".

Mesmo com a derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG no jogo de ida da final do Estadual, Ibson segue confiante na possibilidade de título por parte do Tombense. Como fez a melhor campanha na primeira fase, o time do interior precisa de um triunfo simples na tarde de hoje (30), no Mineirão, para assegurar o primeiro troféu estadual de sua história.

"A gente está com a expectativa muito grande. Fizemos um grande jogo, acabamos perdendo por detalhes. Quem errar menos acaba vencendo o jogo, apesar de sermos teoricamente uma equipe pequena, e o Atlético ser uma equipe grande, com grandes contratações, um grande treinador. Todo o favoritismo é deles. A gente entra tranquilo, porque vem fazendo um grande trabalho, e vamos tentar coroar esse trabalho com um título", comentou Ibson, que não quer mudança na forma de atuar da equipe em relação ao primeiro duelo da decisão:

"A gente sabe que vai ser difícil. A gente fez um jogo muito seguro, teve chance até de fazer gol. É continuar da mesma forma. O Atlético tem uma equipe bastante ofensiva, e a gente tem que fazer o nosso trabalho, da forma que vem jogando. A gente podia entrar da mesma forma, porque precisa vencer o jogo".

Ficha técnica
Tombense x Atlético-MG

Motivo: jogo de volta da final do Campeonato Mineiro 2020
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de agosto de 2020 (domingo)
Horário: às 16h (de Brasília)
Árbitro: Ronei Cândido Alves
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira
VAR: Wanderson Alves de Souza
Assistentes de VAR: Emerson de Almeida Ferreira e Celso Luiz da Silva

Tombense: Felipe; David, Admilton, Matheus e João Paulo; Rodrigo, Serginho e Ibson; Marquinhos, Cássio Ortega e Rubens. Técnico: Eugênio Souza.

Atlético-MG: Rafael; Guga (Mariano), Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Alan Franco e Hyoran; Savarino (Marquinhos), Keno, e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.