PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras chega a 10 jogos sem perder, mas ainda convive com desconfiança

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/08/2020 04h00

Após o empate por 1 a 1 contra o Bahia no último sábado (29), o Palmeiras chegou à marca de dez jogos consecutivos sem derrota — não perde desde o clássico contra o Corinthians, em 22 de julho, pela primeira fase do Campeonato Paulista. Impressionante em termos de retrospecto, mas, pelo futebol jogado, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo ainda não passa a confiança de um candidato a título.

O tropeço em Salvador ilustra bem os sentimentos conflitantes entre alviverdes. Não só por ter deixado a vitória escapar aos 49 minutos do segundo —quando Weverton falhou e permitiu o empate ao time da casa—, mas também pela falta de consistência.

A equipe vinha de vitória e boa atuação contra o Santos. Parecia animador. Willian, um dos destaques no clássico, até ganhou vaga entre os titulares no sábado, com Luxa preservando Luiz Adriano. Nada, porém, se repetiu diante do Bahia. O atacante, assim como o resto do time no primeiro tempo, teve atuação bastante discreta. Lucas Lima, que ensaiava uma reação, pouco criou.

As trocas promovidas pelo treinador deram ao time um pouco mais de intensidade e presença ofensiva na segunda etapa. Zé Rafael conseguiu se livrar de um incômodo jejum —não marcava desde o primeiro jogo da temporada. Mas não é que a equipe tenha sido dominante, embora o técnico tenha dito em coletiva que seu time "esteve mais próximo do segundo gol do que eles, do empate".

E, se tinha mais consciência em campo, acabou desperdiçando-a nos minutos finais, como o próprio Luxemburgo admite: "Faltou segurar a bola mais na frente. Rifamos bolas desnecessárias", disse.

Além disso, o Palmeiras viu uma grande chance escapar com o empate no último sábado. A terceira vitória consecutiva colocaria o time na vice-liderança do Brasileirão, às vésperas da partida justamente contra o líder Internacional.

"A equipe tem que estar de cabeça erguida. Vamos ter um jogo importante em casa agora contra o Inter, e vamos nos preparar para esse jogo", comentou Luxemburgo depois da partida.

Outro ponto que evidencia a falta de regularidade do Palmeiras é o número de empates. Na atual marca de dez jogos sem derrota, metade deles acabaram em igualdade. A equipe chegou a terminar quatro partidas seguidas assim entre a final do Paulistão e os dois primeiros compromissos do Campeonato Brasileiro. A sequência, inclusive, representou a maior sem vitória na temporada.

Agora, o Palmeiras terá diante do Internacional nova chance de se firmar na competição. Com um jogo a menos em relação à maioria dos adversários, a equipe voltaria a se aproximar do topo tabela em caso de vitória. No momento, Alviverde ocupa a sexta colocação, com nove pontos.

"Expectativa boa, jogo difícil, o Inter joga com uma marcação muito forte. Joga reativo, com uma transição ofensiva muito forte. Temos que ter cuidado, mas nossa equipe estará preparada para fazer um grande jogo", completou Luxemburgo. A partida será realizada na quarta-feira (2), às 21h30 (de Brasília).

Palmeiras