PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2020

Grêmio x Caxias: onde assistir, escalações, o que esperar do jogo

Grêmio e Caxias decidem o título do Campeonato Gaúcho neste domingo - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio e Caxias decidem o título do Campeonato Gaúcho neste domingo Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

29/08/2020 16h00

Grêmio e Caxias jogam hoje (30), às 16h (de Brasília), em duelo de volta da final do Campeonato Gaúcho.

Grêmio com a mão na taça

O Grêmio está com a mão na taça. Depois de vencer o jogo de ida por 2 a 0, o Tricolor joga por qualquer vitória, empate ou até derrota por um gol de diferença para ser campeão. Já o time da Serra Gaúcha precisará vencer por dois para levar a decisão para os pênaltis, ou três ou mais para ser campeão. Tarefa dura, mas que o próprio Caxias já fez. No primeiro jogo entre as equipes no ano, a equipe venceu por 2 a 0 na Arena.

Onde assistir

RBS TV (afiliada da Globo no RS) e Premiere irão transmitir a partida.

Prováveis escalações

Grêmio: Vanderlei, Orejuela (Victor Ferraz), Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Lucas Silva, Alisson, Jean Pyerre e Everton; Isaque. Técnico: Renato Gaúcho.

Caxias: Marcelo Pitol; Ivan, Laercio, Thiago Salles e Bruno Ré; Juliano, Carlos Alberto, Vinicius Baiano, Diogo Oliveira e Bruninho; Marcelo Campanholo. Técnico: Rafael Lacerda.

Suspensos e liberados

Orejuela e Kannemann voltam de suspensão no Grêmio. Matheus Henrique está fora pelo terceiro amarelo.

No departamento médico

Pepê sentiu desconforto muscular e Diego Souza segue com fora por lesão no Tricolor. No Caxias, Rafael Lacerda tem em Gilmar sua principal baixa. Tontini também está lesionado.

Estratégias dos treinadores

Renato Gaúcho não abre mão de um futebol ofensivo. Ainda que tenha vantagem, o treinador mantém estilo de jogo para o jogo de volta da final. Sem Pepê, perde velocidade, mas ganha poder de conclusão com Everton, que fez um golaço no último jogo.

Lacerda precisará jogar seu time ao ataque. Atrás pela derrota no jogo de ida, a estratégia de buscar contra-ataques não poderá ser adotada e a equipe tentará, ainda, evitar que o Tricolor assuma o comando das ações do jogo.