PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com gol dedicado ao Pantera Negra, Arsenal vence a Supercopa da Inglaterra

Aubameyang comemora gol do Arsenal contra o Liverpool fazendo gesto de "Wakanda Forever"  - Justin Tallis/Reuters
Aubameyang comemora gol do Arsenal contra o Liverpool fazendo gesto de "Wakanda Forever" Imagem: Justin Tallis/Reuters

Do UOL, em São Paulo

29/08/2020 14h40

Classificação e Jogos

O Arsenal inaugurou a temporada 2020/2021 do futebol inglês vencendo nos pênaltis a Supercopa da Inglaterra sobre o Liverpool por 5 a 4, após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, em partida disputada no tradicional Estádio Wembley. Aubameyang foi o homem do jogo ao homenagear o ator Chadwick Boseman na comemoração de seu gol e converter o pênalti que decidiu o título.

Campeão da Copa da Inglaterra há menos de um mês, o Arsenal demonstrou ainda estar com parte do bom entrosamento adquirido no retorno pós-quarentena e levou apenas 12 minutos para abrir o placar com um gol de Pierre-Emerick Aubameyang, que há mais de um ano costuma comemorar seus gols imitando o super-herói Pantera Negra e hoje o fez de maneira ainda mais especial, como homenagem póstuma ao ator Chadwick Boseman, que imortalizou o personagem nos cinemas e morreu ontem (28) aos 43 anos.

A partir da abertura do placar, o que se viu na primeira etapa foi muita transpiração, mas pouquíssima inspiração de ambos os lados, algo que já era esperado após quase um mês sem partidas oficiais.

Já no segundo tempo, o Liverpool voltou melhor e por muito pouco não abriu o placar com um chute de Firmino que raspou a trave de Emiliano Martínez. Demonstrando aos poucos um desempenho similar ao que o consagrou como campeão inglês, o Liverpool chegou ao empate com um gol do japonês Minamino, após boa troca de passes com Firmino. Sem maiores emoções posteriores, a partida foi para a decisão por pênaltis.

Após quatro cobranças convertidas, o jovem atacante Rhian Brewster desperdiçou para o Liverpool. Coube a Aubameyang converter o pênalti que deu o título ao Arsenal, o 16º dos Gunners na Supercopa, feito que alça o clube à segunda colocação geral na história do torneio, atrás apenas do Manchester United, que tem 21 conquistas. Já o Liverpool chega a um jejum de 14 anos sem títulos nessa competição, na qual até 2006 era o maior vencedor.

Futebol