PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Promovido por Autuori, volante revê treinador e ganha espaço no Botafogo

Volante Luiz Otávio tem ganhado espaço no Botafogo, mas viu concorrência aumentar com Rentería - Vitor Silva/BFR
Volante Luiz Otávio tem ganhado espaço no Botafogo, mas viu concorrência aumentar com Rentería Imagem: Vitor Silva/BFR

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/08/2020 04h00

Classificação e Jogos

Luiz Otávio foi contratado pelo Botafogo no início do ano, quando o time era treinador por Alberto Valentim. Mal sabia ele que meses depois um reencontro poderia mudar toda sua trajetória no clube. Com a chegada de Paulo Autuori, o volante se encheu de esperanças. É que foi o experiente profissional que o promoveu das categorias de base no Athletico-PR, em 2017.

Foram nove jogos no curto período em que trabalharam juntos no Furacão, inclusive, um jogo de Libertadores. Após cair nas oitavas de final para o Santos, o clube fez uma reformulação e Luiz Otávio acabou emprestado ao Paraná, adversário do Botafogo nesta quarta-feira, às 19h (horário de Brasília), pela terceira fase da Copa do Brasil.

Luiz Otávio teve sua primeira passagem pelo Tricolor. Depois rodou por Santa Cruz e CRB, antes de voltar ao Paraná no ano passado. Foi na última temporada que o jogador realmente se estabilizou e proporcionou a ida para um grande centro do futebol brasileiro.

"Minha passagem pelo Paraná foi bem duradoura, um clube em que fiz toda minha formação e me projetou para ser um atleta. E hoje o futebol me proporciona voltar para enfrentar o Paraná, que está muito bem na Série B, assim como nós estamos bem também. Tenho certeza de que vai ser um grande jogo. Que possamos sair com a classificação", disse o volante.

Após a saída de Alex Santana, Luiz Otávio ganhou um espaço considerável no elenco do Botafogo. Ele já soma oito jogos pelo clube desde então e conta com a confiança do técnico Paulo Autuori, que o escalou de titular contra o então líder Atlético-MG, no Nilton Santos, quando decidiu poupar os titulares Caio Alexandre e Honda. Concorrência que vai aumentar com a chegada do colombiano Rentería.

"Estou muito feliz, mas tenho muito a evoluir ainda. Estou buscando isso a cada dia para que essas oportunidades continuem a aparecer", disse. "Quando a gente se encontra em um grande clube como o Botafogo, nós sabemos da concorrência. Então, temos que estar preparados e dar o nosso melhor a cada dia. Não tenho dúvidas de que quem ganha com isso é o Botafogo", completou.

Luiz Otávio domina a bola em treinamento do Botafogo no Nilton Santos - Vitor Silva/BFR - Vitor Silva/BFR
Imagem: Vitor Silva/BFR

A concorrem não o intimida e há uma explicação. Com Paulo Autuori existe a certeza que quem estiver treinando melhor será titular nos jogos. Não importa nome ou idade. Basta estar entre os melhores do elenco para receber as oportunidades. Luiz Otávio sabe que depende dele e não parece disposto a desperdiçar a oportunidade.

"Conheci o professor Paulo em 2016. Ainda na base do Athletico, em 2017, ele me subiu para fazer parte do elenco principal. O professor Paulo é um cara sério, que gosta das coisas certas, trata a todos da mesma maneira. Foi assim no Athletico e aqui é a mesma coisa", afirmou.

Por fim, Luiz Otávio comentou sobre a importância de ter nomes consagrados como Honda e Kalou no elenco. "É importante para todos, sem dúvida muita gente procura acompanhar com mais frequência nosso dia a dia. Sem contar que é um grande jogador, muito respeitado, que vai nos ajudar muito nessa temporada", finalizou.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ x BOTAFOGO

Data e hora: 26/08/2020 (quarta-feira), às 19h (horário de Brasília)
Local: Durival Britto (PR), em Curitiba
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Auxiliares: Anderson José Coelho e Luiz Alberto Andrini (SP)

PARANÁ Alisson; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Juninho (Hurtado); Jhony Douglas, Higor Meritão e Renan Bressan; Gabriel Pires, Bruno Gomes e Andrey. Técnico: Allan Aal

BOTAFOGO: Gatito Fernandez, Barrandeguy, Marcelo, Kanu e Danilo Barcelos; Caio Alexandre, Honda, Bruno Nazário, Luis Henrique e Guilherme Santos; Pedro Raul. Técnico: Paulo Autuori

Botafogo