PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Casão pede Patrick de Paula na seleção brasileira: 'Futuro dele é esse'

Patrick de Paula celebra gol do Palmeiras contra o Santos pelo Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Patrick de Paula celebra gol do Palmeiras contra o Santos pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/08/2020 14h20Atualizada em 24/08/2020 15h35

Walter Casagrande acredita que Patrick de Paula, do Palmeiras, está pronto para ser convocado para a seleção brasileira principal. Para o comentarista do Grupo Globo, o volante alviverde foi o melhor jogador da vitória por 2 a 1 sobre o Santos e merece ser observado por Tite, mesmo tendo apenas 20 anos.

Descoberto pelo Palmeiras após atuações na Taça das Favelas, o jovem é um dos destaques do time desde o fim da quarentena. Autor do gol da vitória sobre o Peixe no Morumbi, Patrick também foi o responsável por assegurar o título paulista ao time de Palestra Itália. O volante bateu o pênalti decisivo na final contra o Corinthians.

"Na minha opinião, merece uma chance na seleção brasileira principal. Não significa jogar. É para se ambientar, pegar amizade, porque o futuro dele é esse. Mesmo que você não use, começa a preparar o garoto para saber como é o ambiente. Não vejo nada de mal convocar um garoto de 20 anos, que está arrebentando. É o líder do time, com 20 anos, e saiu da Taça das Favelas. Uma referência para garotos de comunidade. É uma luz no fim do túnel o que esse garoto está mostrando", afirmou Casagrande durante o Globo Esporte SP de hoje.

O comentarista também aprovou a atuação alviverde no clássico de ontem. "Vitória justa do Palmeiras. O elenco do Palmeiras é maior. Você vê que o Palmeiras dominou o jogo no segundo tempo, na hora que o Vanderlei fez mudanças no time, e mudou a posição do Patrick de Paula, que foi o melhor jogador em campo".

Empresário de Igor Gomes

Casagrande criticou a postura de Wagner Ribeiro, empresário de Igor Gomes. Em suas redes sociais, o empresário, que não é responsável oficialmente pelo jogador, criticou o técnico Fernando Diniz por tirar o jovem da equipe. Em coletiva após vitória sobre o Sport por 1 a 0, Diniz rebateu a declaração.

"O treinador muda do jeito que ele acha melhor. Agora, o empresário tem que tratar de contrato, transferência e ajudar o jogador a evoluir, não é ficar cornetando treinador das redes sociais", falou o comentarista.

Neymar mudou?

Apesar da derrota do Paris Saint-Germain para o Bayern de Munique na final da Liga dos Campeões por 1 a 0, Casagrande destacou a mudança de postura de Neymar. Sem saber se o craque seguirá no PSG, o comentarista destacou o foco do camisa 10.

"O Neymar mudou muito. Está focado, quer jogar bola. Não sei se ele vai permanecer no PSG, mas, ao mesmo tempo, acho difícil sair, porque o futebol mudou. Pandemia, todo mundo com economia baixa... Não sei se vale arriscar. E o modo tático mudou no futebol", opinou.

UOL Esporte vê TV