PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Léo aponta motivo para revés do Cruzeiro na Série B: "faltou agressividade"

Léo, zagueiro do Cruzeiro, fez análise sobre a derrota para a Chapecoense - Bruno Haddad/Cruzeiro
Léo, zagueiro do Cruzeiro, fez análise sobre a derrota para a Chapecoense Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

20/08/2020 23h08

Classificação e Jogos

O Cruzeiro perdeu a invencibilidade na Série B do Campeonato Brasileiro 2020 com a derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, na noite de hoje (20), no Mineirão. Léo aponta o gol da Chapecoense, marcado por Anselmo Ramon, e a falta de agressividade do time como fatores cruciais para o revés em casa.

O zagueiro reconhece que a equipe comandada por Enderson Moreira teve dificuldades no primeiro tempo, mas conseguiu recuperar na etapa final. Ele, no entanto, aponta que faltou agressividade ao setor ofensivo: "Eles acabaram fazendo um gol logo no comecinho com uma bola desviada. Tentamos criar, controlar no primeiro tempo e encontramos dificuldades. Tivemos o controle da partida no segundo tempo, falta um pouco de agressividade", afirmou.

"A equipe está criando, trabalhando. Vamos tentar corrigir um pouquinho para conseguir uma vitória no próximo jogo", acrescentou o defensor.

O Cruzeiro volta a entrar em campo diante do Confiança, no domingo (23), às 18h (de Brasília), diante do Confiança, no estádio Batistão, em Aracaju.

Cruzeiro