PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Técnico do Flu, Odair é afastado de duelo com o Inter por suspeita de Covid

Odair Hellmann, técnico do Fluminense, foi afastado por estar com suspeita de Covid-19 - Lucas Merçon/Fluminense FC
Odair Hellmann, técnico do Fluminense, foi afastado por estar com suspeita de Covid-19 Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/08/2020 18h20

Técnico do Fluminense, Odair Hellmann foi afastado do confronto com o Internacional, na noite de hoje (16), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro, por suspeita de Covid-19.

De acordo com comunicado enviado pelo Tricolor, o treinador foi submetido a três testes e um deles apontou reagente para coronavírus. Ainda segundo a nota, "considerando os dez dias de isolamento protocolares, Odair já retorna contra o Bragantino na próxima quarta-feira".

"O técnico Odair Hellmann foi afastado do jogo de hoje, contra o Internacional, por suspeita de Covid-19. O treinador foi submetido a três testes, nos dias 06, 09 e 13/08. No dia 09/08, após o jogo contra o Grêmio, Odair fez tanto o teste sorológico, quanto o PCR, para atuar contra o Palmeiras no dia 12/08. O primeiro deu negativo e o segundo deu reagente, com resultado sendo de conhecimento da CBF no dia seguinte. Neste mesmo dia 13/08, o Fluminense passou a ser responsável pelos testes para o credenciamento dos profissionais para a partida contra o Internacional. Hellmann novamente testou negativo. O Fluminense tomou conhecimento desta decisão ainda neste domingo. Considerando os dez dias de isolamento protocolares, Odair já retorna contra o Bragantino na próxima quarta-feira", diz a nota.

A partida desta noite seria especial para o treinador. Criado nas categorias de base do Colorado, foi no Beira-Rio que ele começou a carreira de jogador e também de treinador.

O Fluminense entrou em campo pressionado. Nas duas primeiras rodadas da competição, perdeu para o Grêmio e empatou com o Palmeiras. Já o Inter chegou à terceira rodada tendo 100% de aproveitamento, depois de vencer Coritiba e Santos.

"Ficou uma coisa meio confusa"

Um dos mais experientes do elenco do Flu, o meia Nenê admitiu que a situação do treinador ficou "meio confusa" em relação aos trâmites necessários sobre os testes e contraprovas.

"Ficamos sabendo. ele falou de manhã. Mandou a contraprova do negativo, tem positivo de um lado, negativo do outro. Ficou uma coisa meio confusa, mas, infelizmente, faz parte. A gente sabe que com o Maurício é a mesma coisa, sabemos o que treinamos. Sabemos o que fazer. Claro que era melhor estar com ele junto no banco, mas tem de estar preparado"

Fluminense