PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

'Veron é a única esperança do Palmeiras', diz Osvaldo Pascoal

Gabriel Veron domina bola durante partida do Palmeiras contra o Mirassol, pelo Paulistão 2020 - Bruno Ulivieri/AGIF
Gabriel Veron domina bola durante partida do Palmeiras contra o Mirassol, pelo Paulistão 2020 Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/08/2020 22h27

O comentarista Osvaldo Pascoal declarou que a única esperança de o Palmeiras recuperar um bom futebol é o retorno de Gabriel Veron, que se recupera de uma distensão muscular. Para o jornalista, mesmo sendo campeão paulista, o Palmeiras não exibiu um bom futebol, apenas o suficiente para superar os adversários do estadual.

"Hoje o Palmeiras não vê a hora de Gabriel Veron voltar. Ele é a única esperança do Palmeiras. O Vanderlei Luxemburgo precisa fazer o time voltar a jogar futebol. O time ganhou o Paulista, jogou o suficiente para isso. O resultadismo empana o brilho do futebol. Não é possível que nenhum treinador do Palmeiras consiga fazer o treinador jogar futebol", declarou em participação no Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje.

Também presente na atração, Eugênio Leal entende que o Palmeiras não tem uma ideia de jogo bem definida desde a saída de Felipão, no segundo semestre de 2019 - o que o comentarista diz considerar um erro da direção palmeirense.

" Não sou viúva de ninguém, mas o Palmeiras cometeu um erro ao demitir o Felipão após a eliminação para o Grêmio na Libertadores. Gostando ou não, com ele, o Palmeiras tinha um jeito de jogar definido. O Palmeiras sabia o que queria, como queria e foi campeão brasileiro jogando assim. O Palmeiras do Felipão não era brilhante, mas tinha uma ideia de jogo. Depois da saída do Felipão, não tem mais. Até hoje, não encontrou outra ideia de jogo", complementou.

Apesar do título estadual, o Palmeiras ainda não conseguiu exibir um futebol empolgante em 2020. Em sete jogos contra times de Série A do Campeonato Brasileiro (Santos, São Paulo, Red Bull Bragantino, Corinthians - três vezes, e Fluminense), o time ainda não venceu. São cinco empates e duas derrotas.

UOL Esporte vê TV