PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Piqué cobra mudanças no Barça e se coloca à disposição para deixar o clube

Gerard Piqué na derrota histórica do Barcelona para o Bayern de Munique  por 8 a 2 na Liga dos Campeões - REUTERS/Rafael Marchante
Gerard Piqué na derrota histórica do Barcelona para o Bayern de Munique por 8 a 2 na Liga dos Campeões Imagem: REUTERS/Rafael Marchante

Do UOL, em São Paulo

14/08/2020 18h22

"Foi algo inaceitável para um clube como o Barcelona". Foi assim que Piqué classificou a goleada histórica sofrida pela equipe nas quartas de final da Liga dos Campeões. O Bayern de Munique derrotou o adversário por 8 a 2 e garantiu a vaga na semifinal em partida disputada na tarde de hoje.

Após o jogo, o zagueiro fez fortes críticas a fase do clube, cobrou mudanças e até se colocou a disposição para deixar a equipe se for necessário.

"Foi uma partida horrível. Não foi a primeira nem a segunda nem a terceira. Isso já vem de um tempo. Temos que todos refletir, o clube precisa de mudanças em todos os sentidos. Ninguém é indispensável, se tiver que sair, se tiver que mudar, sou o primeiro a deixar o clube, porque acredito que agora estamos no fundo. Temos que refletir internamente", disse.

Em seguida, ele seguiu: "Acho que é fim de ciclo, não sei como catalogar, mas estamos no fundo e temos que exigir uma mudança, não só de jogadores, chegamos ao ponto que não dá mais. Independentemente de quem seja o técnico".

"O Barça tem que sempre estar no topo e essa é uma realidade dura. Chegamos ao ponto em que não dá mais. Hoje foi algo inaceitável para o clube", finalizou a entrevista.