PUBLICIDADE
Topo

Santos

Cuca vê pênalti "absurdo" em Kaio Jorge em lance de gol anulado pelo VAR

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

13/08/2020 22h42

Classificação e Jogos

O técnico Cuca reclamou bastante da arbitragem na derrota do Santos para o Internacional por 2 a 0, na noite de hoje (13), no BeIra-Rio, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

O VAR anulou um gol santista quando os gaúchos ainda venciam por 1 a 0 marcando mão do atacante Kaio Jorge. Para o comandante santista, houve pênalti no centroavante na jogada.

"No meu modo de ver, um erro absurdo. Bola bate na mão antes de entrar, é nítido, mas por quê? Se jogou? Foi derrubado. Lomba o derruba. Bola bateu na mão, mas é lance interpretativo. Antes de bater na mão ele foi derrubado. Não é mão, é pênalti. Foi muito claro o pênalti. É um erro que nesse momento que vivemos é crucial fazer o gol, equipe retoma a confiança e parte até quem sabe virar", disse Cuca em entrevista coletiva.

O técnico ainda lembrou que o Santos teria sido prejudicado pela arbitragem no empate contra o Red Bull Bragantino. Ao fim da partida, o juiz não autorizou a substituição pedida por Cuca, mesmo com a placa subindo e mostrando o número de Sánchez - que sairia. O uruguaio saiu da posição para ser substituído e não voltou a tempo para marcar o rebote do escanteio que cedeu o gol.

"Não é choro, é segundo jogo e segundo erro gravíssimo. Não vou atribuir a isso, depois o Internacional fez o segundo gol, mas é consequência de se jogar no ataque. Sabia da necessidade de muito trabalho, temos que retomar a confiança", afirmou.

O Santos treina amanhã no CT do Grêmio e volta ao CT Rei Pelé logo depois. O próximo duelo é diante do Athletico-PR no domingo, às 19h45, na Vila Belmiro.

Santos