PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2020

CBF pressiona CSA, mas adia novo jogo de clube com 20 atletas infectados

Bruno Fernandes

Colaboração para o UOL, em Maceió (AL)

13/08/2020 15h14

Classificação e Jogos

Após pressionar o CSA, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu aceitar adiar mais um jogo do clube, que tem hoje 20 atletas infectados, pela Série B. A partida da equipe alagoana contra o Cuiabá estava marcada para o próximo sábado (15) no Estádio Rei Pelé, em Maceió. A confirmação foi feita por membros do clube ao UOL e a oficialização deve acontecer até o final do dia.

Um dos motivos para o adiamento é a confirmação de mais dois jogadores infectados pela Covid-19. Os atletas se somaram a outros 18 que estão infectados e foram constatados ao longo da semana.

O clube trabalha com 27 pessoas infectadas, contando mais seis funcionários e um membro da comissão técnica. Restam apenas 11 atletas livres do vírus em seu elenco, sendo que três são goleiros.

Documento obtido pelo UOL mostra o pedido de adiamento da partida assinado pelo presidente Rafael Tenório e pelo seu vice, Omar Coelho, em resposta a uma suposta pressão por parte da CBF diante da equipe para manter o cronograma da competição.

"O que não me parece correto, justo, data venia, é pressionar o clube que está vivendo esse 'terror', sugerindo, induzindo, pressionando, para que preencha a sua cota limite de inscrições, de forma atabalhoada, indiscriminada, para poder ter plantel para cumprir o calendário, sem ter informações de seu quadro financeiro, seu planejamento, e até o FairPlay Financeiro", diz um trecho.

Em outra parte, o clube afirma que "a CBF espera que o Campeonato Brasileiro aconteça da melhor forma, inclusive, no tocante à segurança dos clubes e dos atletas, mas, especificamente, na questão que envolve o CSA, estamos sentido uma pressão que não se coaduna com o difícil quadro que temos vivenciado".

E finaliza: "Fazer o Cuiabá vir a Maceió, entrar em campo e ter o resultado declarado por WO, em um momento de pandemia e com o quadro que acabamos de apresentar, é demonstrar, de forma inequívoca, que o bom senso inexiste".

Atualmente, o CSA possui 31 jogadores inscritos na competição, mas, de acordo com o regulamento estabelecido pela instituição, "os clubes poderão inscrever um número máximo de 40 (quarenta) atletas até o dia 26/10/2020 (data anterior ao início da 19ª rodada), podendo substituir no máximo 8 (oito) atletas até a data final de registro (07/12/2020), dentre os anteriormente inscritos".

Em entrevista ao UOL, o presidente confirmou a infecção de mais dois jogadores e mais uma vez descartou a possibilidade de inscrever mais atletas na competição. "Conversei com o diretor-geral da CBF [Walter Feldman] e ele me confirmou que a partida seria adiada". Em relação aos jogadores positivados, eles se encontram em isolamento e acompanhados pelo departamento médico da equipe maruja. Alguns assintomáticos estão, inclusive, realizando treinos físicos de maneira remota.

A Confederação Brasileira de Futebol foi procurada para se posicionar sobre a pressão que estaria exercendo contra o clube, mas até o fechamento da matéria, a entidade não havia respondido.