PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Materazzi revela surra em Balotelli após revolta em jogo da Inter de Milão

Marco Materazzi em ação com a camisa da Inter; zagueiro bateu no então companheiro Balotelli em 2010 - Marco Luzzani - Inter/FC Internazionale via Getty Images
Marco Materazzi em ação com a camisa da Inter; zagueiro bateu no então companheiro Balotelli em 2010 Imagem: Marco Luzzani - Inter/FC Internazionale via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

12/08/2020 10h28

Hoje treinador, o ex-zagueiro Marco Materazzi relembrou um tenso episódio envolvendo Mario Balotelli há dez anos, quando ambos atuavam na Inter de Milão.

Em uma conversa em seu Instagram publicada pelo Daily Mail, Materazzi revelou que deu "uma boa surra" no atacante depois do duelo entre a Inter e o Barcelona, que acabou em 3 a 1 para os italianos, pela semifinal da Liga dos Campeões 09/10.

Na ocasião, Balotelli, que era reserva, se irritou ao ser vaiado pelos próprios torcedores assim que entrou em campo, já que havia declarado publicamente, dias antes, ser torcedor do Milan.

Revoltado, o atacante, na época com 19 anos, xingou os torcedores e jogou a sua camisa no chão, gerando indignação nos próprios companheiros.

"Eu dei uma boa surra nele, é verdade. Eu amo Mario, mas ele realmente mereceu naquele dia. Nós nos tornamos amigos de novo agora, praticamente irmãos, mas ele fez algo naquele dia que ele realmente não deveria ter feito", disse Materazzi.

Outro ponto que incomodou o ex-zagueiro foi o fato de Balotelli, já sabendo que iria sofrer críticas antes do jogo, ter dito que iria jogar mal propositalmente.

"Antes do jogo, no ônibus da equipe, ele nos disse: 'Hoje vou jogar mal', então prometi fazê-lo pagar se jogasse. Quando ele saiu do banco, tentou um chute do meio-campo ao invés de ir para o contra-ataque. Diego Milito queria matá-lo", revelou.

Futebol