PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mercado da bola: SPFC negocia com Grêmio para trocar Luciano por Everton

Luciano, do Grêmio, durante partida contra Novo Hamburgo pelo campeonato Gaúcho - Everton Silveira/Agência Estado
Luciano, do Grêmio, durante partida contra Novo Hamburgo pelo campeonato Gaúcho Imagem: Everton Silveira/Agência Estado

Jeremias Wernek, José Eduardo Martins e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

11/08/2020 14h26

O São Paulo trabalha no mercado da bola para tentar reforçar a sua equipe sem gastar. O clube conversa com o Grêmio para contratar Luciano. O atacante já esteve na mira do Tricolor paulista no ano passado, mas, na época, a diretoria acabou fechando com Raniel, que hoje defende o Santos. Segundo apurou a reportagem, o jogador conta com o aval de Fernando Diniz. Para tanto, o time paulista vai trocá-lo por Everton, que hoje é reserva da equipe do Morumbi.

Everton tem contrato com o São Paulo só até 30 de junho de 2021, já Luciano tem vínculo até o fim de 2022. A ideia é de que o atacante fique no Morumbi até o término do seu acordo com os gaúchos (em 2022) e os clubes não desembolsariam qualquer quantia.

O clube paulista conta em seu elenco atualmente com Pablo, Alexandre Pato, Toró, Helinho, Gonzalo Carneiro e Brenner para o ataque. O treinador gostaria de ter à disposição mais um jogador para o setor e acredita que Luciano tenha as características para desempenhar tal papel.

Já Everton tem sido pouco utilizado pelo São Paulo. O meia atacante chegou em 2018, quando Diego Aguirre era o treinador. Na época, foi um dos destaques do time. No entanto, acabou sofrendo lesões e não conseguiu mais repetir o bom desempenho.

O Tricolor paulista vive um momento turbulento em suas finanças — fechou 2019 com déficit de R$ 156 milhões. Com a pandemia do coronavírus a situação ficou agravada. O São Paulo fechou um acordo com os jogadores para pagar os salários com redução de 25% até fevereiro de 2021.

Aos 27 anos, Luciano está no Grêmio desde a temporada 2019. No time gaúcho, ele disputou 36 partidas e marcou oito gols. O atacante participou de 16 jogos do Grêmio em 2020 e balançou as redes três vezes. Em 2020, ficou mais marcado por participar da briga no final do Gre-Nal da fase de grupos da Copa Libertadores — que terminou com oito expulsos.

Recentemente, fez gol decisivo na semifinal do returno do Gauchão. Contratado no ano passado, a pedido de Renato Gaúcho e para ser curinga ofensivo, não deslanchou. Na atual temporada, ganhou a concorrência de Diego Souza.

Futebol