PUBLICIDADE
Topo

Santos

Luan Peres vê Santos com azar e diz que houve 'palhaçada' da arbitragem

Do UOL, em São Paulo

09/08/2020 18h27

Classificação e Jogos

O Santos cedeu empate no fim ao Red Bull Bragantino e desperdiçou a chance de estrear com vitória no Campeonato Brasileiro. Depois da partida realizada hoje (9), na Vila Belmiro, Luan Peres reclamou do gol sofrido pelo time de Cuca nos acréscimos do segundo tempo, dizendo que a arbitragem fez uma 'palhaçada'.

"A gente treina bola parada a semana toda, conseguimos tirar todas até aqui. Cuca fez uma estratégia de 90 minutos, quisemos colocar um homem mais alto para tirar a bola, e o árbitro não autorizou. Por quê? Era estratégia do time para ajudar na bola parada. Foram dois lances capitais, ele não deixou substituir, aí o quarto árbitro levantou a placa, e o nosso homem do rebote estava saindo já", disse o zagueiro do Santos ao "Premiere".

A polêmica nasce quando o árbitro Ricardo Marques Ribeiro parece autorizar a saída de Carlos Sánchez. O camisa 7, então, se dirige ao meio do campo para fazer a troca, mas o escanteio é batido pelo RB Bragantino. No rebote do lance, onde teoricamente estaria Sánchez, na visão de Luan Peres, Claudinho bateu firme e igualou.

"A gente merecia ter saído com a vitória, não sei sei se foi azar, a má sorte, ele acertou um belo chute e acabou saindo o gol nessas duas palhaçadas da arbitragem, a gente poderia ter matado a partida. Tem tudo para crescermos na temporada e é nítida a melhora", destacou o jogador.

Santos